segunda-feira, 31 de julho de 2006

TERMINAR EM TRAGÉDIA


Suspiro e, não, não é por ti...

É por mim, como se esta tristeza que me esmaga o coração,

se pudesse evaporar...

Como se fosse fácil varrer do coração e do pensamento,

a tua imagem, as tuas palavras de amor, os teus gestos carinhosos...

Pois é assim que te vou guardar na memória...

O resto???

O resto – eu vou esquecer....

Porque, a romântica incurável continua a acreditar

Que é possível o amor verdadeiro,
Que não tem necessariamente que

terminar em tragédia ou violência....

10 comentários:

o alquimista disse...

Claro que não Amiga, tudo tem um inicio e fim, e o importante é reter as coisa boas...é tão imenso o que temos dentro de nós para dar...

Um beijo

Su disse...

" ... amar e gostar tanto é irreverencia de humildade, que os outros fiquem com as invejas e sarcasmos e nós ainda, com esta idade, fiquemos com a certeza que se um dia uma lagrima correr, a culpa é toda nossa... "

N é por haver risco de queda, q deveremos evitar viver!

e é tao bom, estamos vivos! e sem guerra!
:)
és uma delicia!

Beijoooooooooooooooooo

Sandra disse...

Boa Marta! Adorei ler-te!
Guarda só que houve de bom...esquece o resto!!!

e assim, irás ser muito, muito feliz!!!

Um grande beijinho

Su disse...

:)
lindaaaaa...
são apenas palavras...
e sobre as minhas gargalhadas! ahahah nem fazes ideia! sou uma louca, acho q meio dia comigo e emaluquecias de vez!
:)
qt a ti, a esse teu coração...
eu sei, eu sei mto bem q doi pra caneco, q é um sufoco... mas, acredita q um dia a coisa passa, é como sair da ressaca, custa, mas depois fica tudo melhor! fica sempre muito melhor! acredita!
nos entretantos,
cuida bem de ti!

força!

beijoooo

Su disse...

Sabes, que namorei um menino, durante a minha adolescência, depois juventude... foi mto bom, 6 anos a amar intensamente, fui até ao fundo, bati de frente, estatelei-me no chão... tremendo, duro... mas teve q ser, aquilo tinha q ter um fim… hoje, olho p traz e rio, rio com toda a vontade q tenho direito, acho q temos q rir de tudo, na realidade somos umas palhaças!
ri com gana de quem vive intenso!
eu tenho esta ideia q rir e cantar alto é o melhor remédio.
ha quem me considere uma exagerada, na família é difícil levarem-me a sério, só Osho me entende! Foi com ele q descobri q estou certa!
lembra-te q a perda nem sempre depende de nós, mas a escolha de ser feliz sim, é uma questão de querer ou n querer.

n alimentes a dor, dá asas á vida.

:)

Ana disse...

Sabes o que te digo: eles não merecem as nossas lágrimas e o nosso desespero, não lhe dão valor! Por isso, bola para a frente e esquece, vive e sê feliz porque tu mereces!

Beijinhos

125_azul disse...

Amor não se parece nada com tragédia, violência ou dor... é bom porque aquece e acrescenta. Mas às vezes não é amor, não é nem afinidade, é só anseio. E aí dói e não dura. Ainda bem.
Li na Pitucha que teremos notícias de Barcelona... se tiveres tempo, porque há tanto para descobrir!
Beijinhos

DE PROPOSITO disse...

Isso são feridas que com o passar do tempo ficam curadas.
Fica bem.
Manuel

Pitucha disse...

Quem te fez chorar não te amou! E se choras por o teres amado é porque o teu coração é nobre e sincero. E não merece chorar! Lembra-te das estrelas e segue os anjos. De sorriso nos lábios porque és mais bonita a sorrir.
Beijos

Maresi@ disse...

Ola Marta....
Primeiro queria comentar tua postagem....tão triste...tão melancolica!Pois ...a vida é assim mesmo...o Amor faz sorrir e sofrer..mas isso ja tu sabes...
Em segundo lugar...
bem ke tentei encontrar seu mail pra falar contigo mas...impossivel...Ainal...mais uma "vizinha" do Porto ...quem diria?
Caso possas envia me mail pra falarmos sobre a postagem do texto em relaçao à m foto...
Desculpa ser aqui no comentario esta conversa mas... nao tive alternativa...
Beijo grande e... "olhar sorridente"________Maresi@