domingo, 30 de julho de 2006

ESCURO LÁ PARA O LADO DO MAR

Está escuro, lá para o lado do mar…

Será que vai chover e o mar está revoltado?

Será, por isso, que as gaivotas continuam a sobrevoar os telhados das casas e a
esconderem-se nos pátios interiores e sombrios?

Será que o mar leu o que me vai no coração e está solidário, abrindo as ondas para eu lançar a minha mensagem?

Sim, voltei a escrever uma mensagem e, a custo enfiei-a numa velha garrafa, que
encontrei, cheia de pó e triste na despensa

Não, não me quero lembrar do que escrevi –
a mensagem flutuará ao sabor do vento e da maré, até encontrar uma praia ou
se despedaçar juntamente com a garrafa nas rochas….

Mas não eu –

eu ficarei aqui, a contar os dias que faltam até ir para Barcelona, a preparar
todos aqueles pormenores inerentes a uma viagem e a trabalhar na minha
história.

A história da Ventania, que já não se lembra do seu verdadeiro nome, e da sua gata Sofia.

4 comentários:

125_azul disse...

O meu pai agradece o abraço de princesa que deixaste lá em casa e retribui com beijinhos.

Na passagem do ano, no mar de Ipanema, posto 9, pouco depois da meia-noite, também eu lancei uma garrafa ao mar com uma mensagem para Iemanjá. Parece que ela ouviu e se prepara para atender ao meu pedido... falta pouco para poder dizer se ouviu mesmo.
Depois eu conto.Beijinhos

Su disse...

:)
ok, vou aproveitar e pedir para qd fores e depois voltares,me trazeres aqui um mapa dos melhores lugares e respectivos custos!
:)
to a pensar em ir lá, em Setembro vamos a Portugal de férias, duas semanas, pensamos dar um pulo 4 dias apenas, a Barcelona...
:)
espero resposta!
bjuuuu

Pitucha disse...

E a garrafa, vogando de onda em onda, chegará a porto seguro! Esperemos.
Beijos

sónia disse...

gostei muito destes últimos posts.