segunda-feira, 29 de setembro de 2008

HISTÓRIAS DE PIRATAS













Relembro…


Não sei porquê…




…. Velhas histórias de piratas….


Ao passear pela praia deserta….




E ao explorar grutas….


……….Onde o sol raramente entra




Onde o mar ama a areia…


Reinventando-o com nova cor e nova luz………




Igual à que….


……Afaga……


Os meus olhos......






(Foto "Sombras da Fantasia" Pedro Alexandre Soares da Silva, Olhares.Com)



(Textos protegidos pelo IGAC)

TENTAÇÃO II






Sinto as tuas mãos no meu rosto...


O teu beijo macio….


Os sinais de ansiedade….


Apagam-se….


Em mim....


Voo contigo….


Entre nuvens de desejos e de paixões………




(Foto "Lullaby" Graça Loureiro, Olhares.Com)
(Textos protegidos pelo IGAC)

sábado, 27 de setembro de 2008

TENTAÇÃO









Num beijo perfumado...

Numa tentação que arrepia o meu corpo….

E que aconchegas com palavras de amor
Ditas contra os meus lábios...

Salpicas a suavidade da noite….
Com todo o teu desejo….

Sinto-o em mim….
A minha boca abre-se….apenas…
Para….
…num toque sedutor……
………. Aprofundar esse teu beijo perfumado……………


(Imagem da Google, trabalhada )
(Textos protegidos pelo IGAC)

sexta-feira, 26 de setembro de 2008

FUGITIVOS



Diz-me a que soa o vento…
Quando roça
pelas folhas…


Hoje, caíram várias no lago….
O meu lago
O meu reino secreto….


Sou desajeitado em terra….
…………….Majestoso na água….


Veneram a minha beleza….
..........nada mais…


Por isso, diz-me a que soa o vento…
Conta-me a história desses amantes fugitivos…


Talvez eu possa ajudar….
Eu disse-te….


O lago é o meu reino secreto….
Posso abrir mil passagens….
Em qualquer uma delas….
…………. Esses amantes encontram o seu próprio reino……………

(Imagem Google, trabalhada por mim)
(Textos protegidos pelo IGAC)

quarta-feira, 24 de setembro de 2008

DISCRETAMENTE




O meu sabor...


A frescura da minha boca...


Sente-os….


Com os teus beijos...


Provoca-me………….


A alma


No meu corpo……….


Talhas o teu desejo...


O meu a fluir sobre o teu…….


Suave…


Discretamente…..





(Foto cedida pela Collybry - obrigada)

(Textos protegidos pelo IGAC)

terça-feira, 23 de setembro de 2008

MEMÓRIA DA NOITE



A luz torna-se aveludada….

Quando se fecha o dia.....

e no reino da noite se entra….

Entro também no teu abraço….

Ávido….

………. Exigente….

…………Caloroso….

Sinto o meu corpo,

……………A pulsar de vida e de amor….

A cercar-te….

..…a respirar-te….

……………. a desejar-te….

O que acontece…

………….Apenas a memória da noite……………

O regista…………….




(Foto cedida pela Collybry - obrigada)


(Textos protegidos pelo IGAC)

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

NÃO É




…. Meu amor
Falamos……….
………de Amor

Nessa nudez velada…
Que é a noite

O seu toque sensual…
…… Amor….
Insinua-se sempre…

No meio de quem,
……….como nós se ama verdadeiramente…

Nunca a enganarás……….

(Foto "So This is it", Daniel Camacho, Olhares.Com)





(Textos protegidos pelo IGAC)

sábado, 20 de setembro de 2008

CORPOS CONQUISTADOS


Suspiro...
E no negrume da noite
Nem me atrevo a abrir os olhos...

E assim, como que naufrago de mil mares
Só sinto os sonhos a baterem nas vidraças
Lembrando que o prazer
Vai para além dos corpos conquistados.

Desperto pelas emoções ao rubro,
Sentindo-te tão à flor da pele
Com os teus lábios me caso, num beijo enorme
Do tamanho do desejo que tu invades....
(Foto "Despedida" António Ginjeira, 1000 Imagens)
Dueto escrito por Marta Vinhais e Só Eu

quinta-feira, 18 de setembro de 2008

FANTASIAS











À cobiça do Vento…
Reclamas-me….
Tocas-me levemente….
………….Quase a medo….

Não disfarçes....
O carinho com que me beijas…
Como eu não posso negar….
Como as tuas mãos me enfeitiçam….
Obedeço ao que me segreda a fantasia…
Renasço ao amar-te…………..


(Foto "Abandono-me" Minha Feia, Site: Reflexos)
(Textos protegidos pelo IGAC)

terça-feira, 16 de setembro de 2008

SEGREDAR














Fico calada…
…………e deixo que as palavras se refugiem no silêncio….

Um silêncio que hesito em interromper…
Por estar cheio de sonhos e desejos….
Que brincam com a silhueta da luz….

Sinto-te perto….
……sinto o teu coração a bater apressado….
E, recordo o que, um dia o Vento me disse….
Em palavras tão simples como as que te segredo




(Foto cedida pela Collybry - obrigada )

(Textos protegidos pelo IGAC)

segunda-feira, 15 de setembro de 2008

SEM IGUAL










Em dias como hoje….
Pergunto-me o que acontecerá…

Até as palavras recusam-se a obedecer-me…
E o meu reflexo, no espelho é difuso….

Continuo aqui….
Perdida no meio da neblina…
Vejo os outros…
……. Não os deixo que me vejam…

Tenho frio e o Sol já abriu…
Os outros olham-me de lado…
……..No íntimo chamam-me inconsciente…….

Talvez seja…
Porque, em dias assim…
Sinto tudo mais intensamente….




(Foto "Hide 'N Seek (Again) Hugo Macedo, Olhares.Com)
(Textos protegidos pelo IGAC)

sábado, 13 de setembro de 2008

PERTO DO CÉU









Hoje, não espero por ti
O nevoeiro aproveita-se da tua ausência…

E, majestoso desce das montanhas
Mágicas….

Com um ligeiro tom azulado…

Por estarem tão perto do céu………

Sempre pensei que o poderia tocar….

E, ser também parte dessa magia….


(Foto "Feeling Blue", Alexandre Costa, Olhares.Com )
(Textos protegidos pelo IGAC)

sexta-feira, 12 de setembro de 2008

AGUARDO




Quando acordo….
Sobressaltada...
A única luz…é a da lua

A noite está quente….
…………. O meu corpo suado

A tua presença
…o teu respirar
…. A tua mão relaxada na minha…
Tranquilizam-me….

Um leve sorriso nos meus lábios…
…. Ao tomarem posse da tua pele…
……também suada….

Sonhadora, desejosa…
Deito-me novamente….

Aguardo…
……….Que despertes
……. E me ames novamente…………

(Foto "A Janela", Alba Luna, Olhares.Com)

(Textos protegidos pelo IGAC)

terça-feira, 9 de setembro de 2008

REVELA-SE














No teu riso….revelam-se…

Os caminhos

ou jogos de sedução?....

Rio também….
Feliz…
………por me sentir seduzida….
Abertamente...
….Duas pessoas....
que se gostam realmente………
No conforto duma tarde quente…
Ou numa noite de tempestade….
Desesperadamente fria….





(Foto "Á tona da tempestadE", de Bruno Silva, Olhares.Com)
(Textos protegidos pelo IGAC
)

segunda-feira, 8 de setembro de 2008

PENSAR E ESQUECER





Hoje não há sorrisos…

Ou essas histórias

Que gosto de improvisar…

E escrever na areia….

Mesmo que a espuma as devolva ao mar…

E, eu as esqueça….

Se falam de mim?

Se são as minhas memórias?

Não sei….

Nunca pensei nisso…



(Foto "Temáticas (Praia) Guardei-as em mim" Maria Clarinda Galante, 1000 Imagens)
(Textos protegidos pelo IGAC)

sábado, 6 de setembro de 2008

NADA HÁ A DIZER - A MINHA RESPOSTA






Há muito
….que a Lua, como eterna romântica que é…
Se queixa da indiferença do Vento….

Sobre o Vento…
Contudo, nada há a dizer….

O Vento adora arreliar toda a gente…
Inclusive eu…

Deixo que ele interfira na minha vida…
E esta seja agora imprevisível….

Onde, outrora havia medo….
Há confiança…
Já dança uma nova paixão…

E, todas as palavras que escuto…
Sinto-as sempre como palavras de incentivo….





(Foto "Escarlate", Nuno Chacoto, Olhares .Com)
(Textos protegidos pelo IGAC)
A minha resposta ao meu desafio



sexta-feira, 5 de setembro de 2008

NADA HÁ A DIZER





Nada há a dizer!

Já nem resultam as
Palavras de incentivo.

No horizonte a lua, trémula, acesa de tantos sonhos
Percorre o céu onde já dança ao som das brisas

Nada há a dizer!

Irremediavelmente, deixo que as palavras se calem,
Que o desejo se esfume
Porque há muito os meus dedos se cansaram
De fazer poemas com sabor a nada!

Nada há mais para dizer!



(Foto "This is my kngdom", Rui Vieira, Olhares.Com)


Texto enviado por mail pelo Só Eu
em resposta ao meu desafio de Setembro (post anterior) e publicado aqui com o meu muito obrigada








quarta-feira, 3 de setembro de 2008

DESAFIO DE SETEMBRO

Palavras de incentivo...


Onde já dança…


Nada há a dizer...


Deixo que.....


Há muito....




==============



É um desafio que lanço...


O que vou pedir é simples....


São frases sem sentido e o que quero é que façam com que elas tenham sentido...


Uma mensagem, um pensamento, um poema, um texto...

Podem intercalar outras frases, etc...

Divirtam-se....


Escrevam....
No vosso blog
ou podem enviar-me o vosso texto para eu colocar aqui...

SABOR A MAR












Não tenho pressa…
Já o sol se despiu de mim…
Já a lua conspira com o mar…

E eu
Continuo descalça….
No meio dos rochedos….

Ainda cheiro a mar…
Gosto de o sentir na minha pele……
Mesmo na escuridão da noite…

Não me assusta…a noite na praia…
Sinto-me segura…

Mergulho….
Á procura…uma vez mais….
Do sabor do mar………


(Foto "Canção do Mar", de Jomar, Olhares.Com)
(Textos protegidos pelo IGAC)