segunda-feira, 28 de maio de 2012

SONHO PERFEITO




 “LOVE IS A MYSTERY” JOACHIM G.PINKAWA



Posso sempre sonhar
E sonhar loucamente

Na solidão da noite
No silêncio do dia

No eco da tua voz
No deslizar das tuas mãos

Em tudo o que provoco em ti
Na loucura de um sonho perfeito




sexta-feira, 25 de maio de 2012

INCONFESSÁVEL




PINTURA DE LISA KEYTON " LOVERS"



Hoje
não sei quem é cúmplice de quem

Quem sonha o quê
Ou quem sorrie sedutoramente

Talvez seja eu
Quando esculpo no ar
A fantasia inconfessável
E, depois fuja no sopro do Vento

Ou és tu
Na pressa de me amares
Como se tivesses medo
Que eu desapareça...

quinta-feira, 17 de maio de 2012

BORBULHAR


Pensa
Na fluidez com que os sentidos
tomam conta do teu corpo

Ouve
o borbulhar da paixão no poema
em que me tornas eterna

Em que me sinto eterna
e até a minha voz tem outro timbre...


ÓLEO SOBRE TELA “SUENO BRANCO” DE ALBERTO PANCORBO

domingo, 13 de maio de 2012

ÓBVIO





Se fechar os olhos,
posso imaginar o espaço do teu corpo
no meu

Posso esquecer-me de mim,
mas não deixar que tu me esqueças

Posso
Simplesmente gritar o óbvio

Mas o que é o “óbvio”,
quando o óbvio é apenas o que eu sinto?

E o que sinto é um abraço
Do tamanho do nosso desejo...



 “Intimacy” Bridgette Allan (Óleo sobre tela)

terça-feira, 8 de maio de 2012

NADA IMPORTA



Esta noite
não escolho as palavras
Deixo que escorram em mim

Não te peço nada
Mesmo que queira tudo

Sentir
a tua voz a insinuar-se à paixão da minha
A abrir-se num sorriso que nem tu decifras
No desejo com que despes o meu corpo
e te pintas na minha pele

Sem que nada mais importe



FOTO DE ANGELA VICEDOMINI


domingo, 6 de maio de 2012

ÁS VEZES



Ás vezes,
não é do teu olhar que me lembro
É sentir o teu cheiro presente
Nas palavras que não dizes

Há palavras que eu também não digo
Mas sei que as sentes como uma carícia
Quando o tempo pára e pensas em mim

Podes viajar na cor do dia,
vaguear pela minha cor
Mas esquecer o calor do meu corpo?
Nunca...


Foto de Andrew Maidanik

quarta-feira, 2 de maio de 2012

PRESO


Solto o ar preso em mim
Repouso o meu corpo na loucura do teu

Falo de ti em sonhos
Porque gosto de te sonhar,
de me sonhar em ti.

Penso nos teus beijos
a percorrem o meu corpo
E o teu prazer.....


Seduz-me a qualquer hora do dia.

BY THE WINDOW – JOHN SILVER – ÓLEO SOBRE TELA