domingo, 31 de maio de 2009

DIFERENTE - PARTE I









Diferente

Vejo-me diferente

Sinto-me diferente

Num confronto amigável com o espelho



Há quem procure novas rugas

Novas brancas no cabelo…

Negue a verdade quando está já escrita



Eu?

Não sei bem o que quero ver no espelho

Pensar, talvez

Sobretudo, saber quem sou eu para ti?

Agora que o silêncio se transformou em desconforto….




(Foto "A Day without me" Graça Loureiro, Olhares.Com)
(Textos protegidos pelo IGAC - Cópias proibidas)

quarta-feira, 27 de maio de 2009

ERÓTICO







Tranquilo
Delicado o dia
Em que, errando pela minha pele
Como um vagabundo

Descreves-me
No meu próprio poema erótico

Falo-te em surdina
Dos meus sonhos ditos impossíveis
Em palavras que desaguam

Em ti
Em poemas que queria que fossem
Eróticos
Mas, são apenas meus….







(Foto "SWALLOW" Graça Loureiro, Olhares)

(Textos protegidos pelo IGAC - Cópias proibidas)

sábado, 23 de maio de 2009

RETRATOS







Retratos
Por vezes, incompreensíveis

Misturam-se as cores
As de sempre

Experimentam-se
Novas

Rejeitam-se
Tudo continua em branco
Amarrotado

Sonhei contigo esta noite
Não sei se foste o vilão ou o herói
No tumulto que vivi

Lembro-me só
Do que fantasiei
Do que saboreei
Da minha entrega total




(Foto "Difference", Ines, Olhares)
(Textos protegidos pelo IGAC - Cópias proibidas)
(Texto também colocado no WORLD ART FRIENDS)

quarta-feira, 20 de maio de 2009

CHUVA DE PAIXÃO







Deixa-me ser a chuva
Que se deita no teu caminho

Atravessar a tua vida
Guardar despida em mim
A tua lua na minha

Molhadas em mim
As tuas mensagens de desejo
E de amor, fazem-me flutuar

Na minha chuva
Pelo meu corpo nu
Derrapando a chover no teu

Igualmente nu
Igualmente preso
À chuva da paixão

As nossas luas
Entrelaçadas e nuas








(Foto "Hot & Cold" Raul Alexandre, Olhares)
(Textos protegidos pelo IGAC - Cópias proibidas)

sábado, 16 de maio de 2009

PELE SUADA







Na pele suada dos nossos corpos
Goza-se a noite
Intensamente
Com carícias discretas

As minhas mãos fogem
No descobrir do teu corpo

Demoram-se
Como que presas
Às suas próprias fantasias
Na tua pele suada….



(Foto "Velvet Tear Drops" Ingrid, Olhares)
(Textos protegidos pelo IGAC - Cópias protegidas)

quarta-feira, 13 de maio de 2009

MUSA








Leio-me
Em cada um dos teus versos


Sinto-te
Em cada um dos meus

Chamo-te Musa
O meu poema é o teu nome

No abraço do tempo
No auge da solidão

E quando escrevo
Espreguiço-me sempre em ti….


(Foto "Just Blue" Miguel Delgado e Silva, Olhares)
(Textos protegidos pelo IGAC - Cópias proibidas)

sábado, 9 de maio de 2009

CORES FRESCAS







Continua-se a falar de desejo
Na luz desmaiada e tranquila da manhã
À espera da chuva

Há cores frescas no meu peito, no entanto
O teu sorriso engalanado
O teu corpo ainda com gestos de preguiça…

Esquivo-me, rindo
Não há tempo, meu amor
Não agora

Fica o desejo escrito no quarto
Aparentemente arrumado
Mas desarrumado em nós….



(Foto "Blue Fairy" Graça Loureiro, Olhares)
(Textos protegidos pelo IGAC - Cópias protegidas)


(Texto também colocado no WORLD ART FRIENDS)

quarta-feira, 6 de maio de 2009

INDESEJÁVEL






Hoje
Sinto-me indesejável
Esquecida no frio da manhã
Por instinto
Fecho o meu corpo numa concha


Estanque, impermeável ao tempo
Às memórias
Aos sons
Que a brisa insiste em trazer.....

Está frio
Uma manhã de Primavera
Um poema encantador
Que posso escrever
Mas sinto-me indesejável...




(Foto "No Principio do Mundo" Paulo A., Olhares.Com)
(Textos protegidos pelo IGAC - Cópias proibidas)

domingo, 3 de maio de 2009

REPLETAS DE TI









Escrevo inúmeras palavras
Repletas de ti e da Lua
Que declaras ser tua…

Apesar dos labirintos impossíveis
Que nela traças
Aventuro-me por esses trajectos
Com confiança

Com esse sexto sentido
Que não entendo
Mas que me diz
Que na minha Lua
Tu também te aventuras……….




(Foto "Espelhos do Céu" João Carlos Silva Ramos, Olhares.Com)
(Textos protegidos pelo IGAC - Cópias proibidas)