quarta-feira, 13 de maio de 2009

MUSA








Leio-me
Em cada um dos teus versos


Sinto-te
Em cada um dos meus

Chamo-te Musa
O meu poema é o teu nome

No abraço do tempo
No auge da solidão

E quando escrevo
Espreguiço-me sempre em ti….


(Foto "Just Blue" Miguel Delgado e Silva, Olhares)
(Textos protegidos pelo IGAC - Cópias proibidas)

8 comentários:

Carla disse...

gosto deste espreguiçar em noite de amor
beijos

Patrícia disse...

São palavras tão simples mas tão melodiosas, tão capazes de se imaginar o cenário em que se passam que acabo por observar o que escreves nos meus pensamentos quando leio os teus poemas.

Beijinhos Marta=)
Patrícia

pin gente disse...

é tão bom espreguiçarmo-nos no outro. enroscar as pernas e esticá-las. colocar a planta do pé no molde perfeito da sua barriga da perna. encaixar o corpo nas suas curvas.

fizeste-me divagar...
beijo, marta

Laila Braga disse...

lindissimo... do fotografado ao escrito...

ZezinhoMota disse...

A Musa é a inspiradora da minha poesia e aqui vê-se como ela é bela.

Bom fim de semana.

Bjnhs

ZezinhoMota

© efeneto disse...

Tenho palavras que te procuram,
que se acendem nesta existência suave;
palavras para seguir caminhos,
para te abrir os dias;
palavras partículas de fogo
que acarinho para os momentos precisos
nos seus puros abandonos;
palavras verticais como chamas,
que te chamam na procura,
mais claras que o dia.
Com palavras de lua e de vento
invento veredas de palavras
que adoçam os silêncios
e explicam as madrugadas.
Palavras que só a ti direi.

Palavras que servem para dizer que irei voltar aos poucos á vossa companhia.
Um fim-de-semana cheio de amizade e palavras

Fragmentos Betty Martins disse...

.________querida Marta



(por agora as férias acabaram)



.as tuas palavras




____o sentido da beleza da tua poesia


..._____________a textura




.o




encanto_________...











beijO____ternO

Nuno de Sousa disse...

Uma bela musa dos nossos tempos :-) mais um belo texto como sempre nos sabes aqui deixar...
Bjs em ti
Nuno