sábado, 29 de julho de 2006

NOITE PERFEITA

Ontem, algo incomodou as gaivotas….

Voavam em círculo, com uma rapidez alucinante, os bicos permanentemente
abertos, num grito desesperado, extremamente agudo…

Aproximaram-se perigosamente das janelas e eu recuei, sem saber muito bem o
que fazer….

Sem compreender a razão de tal desvario, porque, e apesar da ligeira brisa, a

noite estava perfeita…

Límpida, lânguida….

Como eu gosto!

Um antídoto contra uma tristeza, que nunca deveria ter deixado entrado…

Mas, quando os braços de Morfeu me reclamaram

tanto eu como as gaivotas tínhamos já sossegado….

E deixado de voar em círculo….

2 comentários:

125_azul disse...

Noites perfeitas para ti, Marta Princesa, sempre! Sabes, ontem quando ouvi dos atrasos e cancelamentos de vôos no aeroporto de Barcelona pensei logo em ti! Ainda bem que te vejo aqui hoje, assim fico a saber que não passaste por aquelas chatices. E quando fores vai ser perfeito, como a noite das gaivotas aquietadas... Beijinhos

Su disse...

Na plenitude da felicidade, cada dia é uma vida inteira.

Gothe