quinta-feira, 13 de julho de 2006

SUSPIRO



Adoro a maneira como pronuncias o meu nome

Martaaaaaaaaaa

num suspiro, num sussurro que me trespassa a pele e se aloja no coração...

Doce como mel,

Quente como o dia........

Nos teus lábios, o meu nome parece não ter fim....

Quando, na ternura do teu suspiro,
encerras o que de mais íntimo tens no coração...

Escrevendo a verdade da tua paixão.....

2 comentários:

Ant disse...

e continua o romantismo e muito bem escrito.
Marta estás com uma escrita intesnsa.
Bjos

125_azul disse...

Que a verdade e a paixão suspirem para sempre juntinhas... Beijinhos, que bom estares feliz!