sexta-feira, 17 de fevereiro de 2006

FICAR "INDOORS"

É sexta-feira novamente!
Um outro fim de semana – várias horas para me dedicar única e exclusivamente aos meus prazeres.
Mereço depois de ter uma semana bastante complicada e que terminou com a "discussão" já habitual com o "menino mau".
Acusaram-me de valorizar demais a situação e talvez tenham razão, porque a minha preocupação principal deve ser o bem-estar dos meus Pais.
Mas, e embora esteja bastante preocupada com os meus Pais

– lógico, dada a idade e estarem sozinhos
– eu não "sobrecarrego" as pessoas com quem trabalho com isso.
Pelo contrário – tento proteger a minha vida privada, pois é disso mesmo que aqui estamos a falar – privacidade.
Como uma amiga me disse ontem, como já não há o Big Brother ou a 1ª Companhia, fala-se, inventa-se, cochica-se sobre a vida dos outros.
São manias, maus hábitos, etc e para não entrar em rota de colisão, eu finjo que não vejo ou ouço.
Falei num post anterior sobre os Impressionistas e vi que há também um livro sobre o Van Gogh e sobre vários outros pintores que vou ler.
Emprestaram-me também um livro de Gabriel Garcia Marquéz, Doze Contos Peregrinos e uma vez que parece que a maldita chuva não me vai deixar fotografar os meus sítios favoritos

para comparar as diferenças (há-as sempre!),
é melhor estar preparada para ficar "indoors".
Livros, CD’s e navegar pelo Messenger é navegar num mundo completamente diferente, um mundo que eu conheço bem e onde estou à vontade.
O mundo não se limita a estas pessoas e local –

e se desconfiam porque é virtual,
ora, verdade seja dita,
o mundo real também nos pode esmagar!

Sem comentários: