sábado, 8 de abril de 2006

À FALTA DE MELHOR

Que coisa feia!
Inventar histórias, distorcer a verdade e tentar magoar a pessoa – diz muito sobre ti, não diz?
Fico parada, incapaz de acreditar no que estou a ouvir e penso se a tua vida é assim tão vazia para que tentes minar a dos outros?
Porque é que não vais até lá baixo à Praça do Cubo na Ribeira e não fazes o circuito das 6 Pontes?
Até podes sair no cais em Gaia, atravessar a rua e fazes uma visita guiada pelas Caves!
Pena não se poder atravessar o tabuleiro inferior da Ponte D Luís e usufruir do sol a bater insistentemente nas costas, do barulho ensurdecedor do motor dos barcos e do cheiro característico do rio, que segue o seu curso lenta, calmamente, sem qualquer preocupação.
E, quando chegares a esta margem, porque é que não te sentas numa esplanada na Praça do Cubo (nem sequer deves saber onde é!!) e observas o percurso que o sol faz quando a lua se aproxima?
Enriqueces o teu tempo em vez de tentares perturbar a paz dos outros, com provocações e idiotices!

Sem comentários: