sábado, 11 de agosto de 2007

TALVEZ AMANHÃ - FIM (PARTE III)















O vento ...por ti fala....



Argumenta, expõe, explica...



Numa voz baixa, quente, sedutora...



Quase cedo......



Às carícias suaves, que a minha pele arrepiam.......



Sinto-me idolatrada...



Depois....


Lembro-me...



Das discussões,



das palavras insensatas,



das barreiras que me impuseste..........



De como me senti só...




De como às escondidas chorei.....



E rejeito as palavras....



Essas palavras em que o vento me envolve....



E me fazem pensar.....




que foi ele quem as escreveu e não tu!!!!!!!!!


(Continuação dos posts anteriores)






P.S.: Imagem tirada da NET














7 comentários:

Paula Raposo disse...

O vento escreve palavras e leva-as...beijos.

fernando disse...

Olá Marta!
Tu e eu já somos amigos lá no orkut.
Sou compadre da Conceição lá do blog >>Meu Cantinho Escondido<<
Suas palavras são sempre lindas assim?
Desejo a vc um ótimo fim de semna!!!
Abraços.
Fernando.

Maria Clarinda disse...

Hoje andei por aqui a ler-te, adorei estes posts!lindo o início e o final.
JInhos

wiLey_Lewis disse...

Olá!
É a primeira vez que visito este blog(sou novo nisto) e gostei bastante!
Continua com o bom trabalho! :)

Shelyak disse...

Olá Marta...
Obrigado pelo que me vais mandando :)
E nem sempre é o vento...infelizmente, não é ?
Beijinho para ti...

C_britto disse...

Marta,


Como impedir o vento?
Os estragos? O medo do chumbo do céu?

Conto com a paciência de quem sabe
que o caminho nem sempre é florido.

(a)braço Marta!

Alexandre disse...

O vento brinca com as nossas palavras e com os nossos sentires! O vento tem a capacidade de levantar barreiras, impostas ou não! O vento pode ver-nos chorar e rejeitar palavras, pode mudar o rumo e o sentido das palavras! O vento é soberano!!!