quarta-feira, 22 de agosto de 2007

DEIXO




Dedicatória






Para quem sempre me vê...



........Sempre me encontra...



Deixo…
Por um instante…
um momento inesquecível...
que me vejas…

Deixo…
Que fiques sem saber…
Se sou real...
ou uma fantasia…
Uma mulher ou uma deusa…

Deixo…
Vestígios de mim…
pedaços…
gotas de luz e perfume…
E espero que me sigas…
espero sempre...
que me encontres…



(Continua)



P.S.: Imagem tirada da Net

7 comentários:

.:mÁrCiO:. disse...

Mulher misteriosa... ou talvez não!

Entre linhas... disse...

Uma mistura entre o subreal e o real,onde os vestígios se consomem num rasto de luz.
Bjs Zita

Alexandre disse...

Um dos poemas/pensamentos/sentimentos mais bonitos com que a Marta nos brindou!!!

E eu deixo... um grande beijinho!!!

C_britto disse...

A nossa querida Marta,

Sempre nos honrando com seus poemas...

A tua alma está em cada poema teu!

Lindo como sempre!!!

:)

(a)braço

falcão peregrino disse...

olá Martinha, vim espreitar, beber as suas palavras e volto em breve
bjo

belakbrilha disse...

Lindo!
...mistério!
E espero que me sigas…
espero sempre...
que me encontres…


Vai encontrar...
é só seguir-te

bjs

Ѕєχγ ßαcк disse...

Muito Bom! o blog, os textos ^^
incrível =)
Bom quero agradecer a visita no meu blog e sempre que eu puder starei passando aqui pra poder apreciar ;D essas palavras que nas mão de quem sabe usar, ficam tão show de bola

^^