terça-feira, 9 de janeiro de 2007

REALIDADE DO DIA


Provoco-te...........

Novamente.........

Adoro.........

Primeiro, contornar os lábios para que sintam o cheiro

e antecipem o sabor...

Depois, enfeitiço a tua língua

e esmago-me contra os teus dentes........

Derramando o recheio..........

Que desliza lentamente pela garganta e faz com que o teu corpo

dispare.........

Em ondas de sensações...
Incapaz que és de descrever.............

Fechas os olhos, emites sons de prazer e tudo se esquece.....

A chuva irritante,
a discussão no quarto ao lado,
até mesmo o enredo do livro que se aperta contra o peito......

Depois..........

Guarda-se o livro,
respira-se fundo
e enfrenta-se novamente a realidade do dia.........

6 comentários:

Anónimo disse...

:) sempre que venho aqui...imagino..tens a capacidade de me por a imaginar o que escreves...:)

jinhos

Alexandre disse...

Concordo com o que a Borboleta disse: uma das virtudes da Marta é conseguir fazer-nos «visualizar» aquilo que escreve, e isso não está ao alcance de qualquer um, é preciso que cada palavra tenha o seu sentido, cada expressão esteja ali e não noutro local, que o conjunto seja equilibrado e bem conseguido. A Marta consegue isso com uma grande naturalidade e uma linguagem muito agradável e muitas vezes... sensual!!

Parabéns, Marta! Beijinhos!

neusa disse...

Que lindo!!!
Beijokas:)

C_BRITTO disse...

Ualllllllll... doce e saboroso Marta!

Viva os poetas! Eles que se lêem e nos vêem, como (nem) suspeitamos que (nem) somos, e nos devolvem devidamente decifrados.

Vinho e água nesta noite azul...para combinarQuer? Abraços, flores, estrelas.

angel bar disse...

Respirar fundo é mesmo isso que me apetece... Um grande beijinho, parabéns por Babel no blog do Alexandre (Fundamentalidades). Já fui ver, marcou-me profundamente... e tenho-me lembrado muito do filme durante esta semana...

Teresa David disse...

Nem toda a gente consegue utilizar imagens eróticas sem que isso descambe numa certa forma de pornografia obscena. Tu tens esse raro talento de conseguir ser sensual com bom gosto e qualidade, e se outras virtudes de escrita em ti não fossem também louváveis, esta vertente chegaria para valer a pena ir seguindo o teu percurso de escrita.
Bjs
TD