domingo, 21 de janeiro de 2007

DESEJADO

Á tua magia………….

Rendo-me……………

Deixar o corpo
nas almofadas macias,
cair ……………..

Enroscar, envolver, esconder
o corpo debaixo de uma manta de xadrez….

Cruzar as mãos em frente ao peito,

as pernas ligeiramente flectidas e abandoná-lo…

Literalmente…

A suspiros profundos,

a uma sensação de moleza,

a um calor sadio, confortável…………

Fechar os olhos e largar as amarras………………..

Num sono confiante………….
Desejado…
Completo………………………

4 comentários:

Alexandre disse...

Estar confortável é um passo para a paz de espírito, para a serenidade, para uma sensação de abandono, de bem-estar...

É nestas alturas que se deve fechar os olhos e soltar as amarras do navio que nos levará na viagem que nós imaginarmos...

AEnima disse...

Ola marta... sabes que so hoje reparei no teu perfil que tens 45 anos? Pois eu acho-te tao novinha... tao inocente quase... tens umas palavras muito puras. Eu tenho 29 going on 63... eh o que sinto. E na minha mente, tu teras sempre so 22 anos lindos. Para mim, essa e a idade do teu espirito que eu leio.

Beijinho, abraco, e um obrigada, pelas tuas visitas, pelos teus comentarios, por estares presente.

Peter disse...

Pensamento de Domingo. O pior é que hoje já é 2ªF.

Boa semana, com tudo a correr pelo melhor.

Bjs

C_BRITTO disse...

Olá!

Como sempre lindo poema!

Abraços Marta.