segunda-feira, 15 de janeiro de 2007

MENSAGEM

A "silk" despede-se do corpo.......

Deixa-o desnudo....

Caí graciosamente, em pregas artísticas, no chão.......

Uma nuvem fofa, macia que não revela os segredos da noite.....

Apenas resta o perfume.......

O mesmo perfume de que o corpo nunca se separa........

Que mensagens no espelho embaciado pelo vapor do banho escreve.......

Mistério e sedução deixa por onde passa..........

Um sorriso enigmático que desaparece quando tu te aproximas........

5 comentários:

Alexandre disse...

Que sensualidade!!!

Dá vontade de tomar um banho envolto em nuvens fofas, passar a silk pelo rosto e pelo corpo... tudo muito macio... tudo perfumado... com aquele perfume que jamais desaparecerá porque faz parte da memória dos neurónios...

E no espelho embaciado escrever mensagens secretas...

Pierrot disse...

Silk veio
Silk foi...
Curiosa a passagem
Giro texto e apesar da imaginação que se entranha, é sóbrio...
Bjos daqui
Eugénio

o alquimista disse...

De sensualidade teatral o teu texto...diria que estavas a encenar...take2...

Doce beijo

Borboleta disse...

...;) é só sensualidade nas tuas palavras..jinhos ;)

Maxima e pensamentos disse...

Bonito texto...com uma boa dose de sensualidade!