quinta-feira, 23 de novembro de 2006

ESGARES

Acordo com suores frios........

Sobressaltada, com um pesadelo tão real que me assusta.........

Fantasmas do passado?

Máscaras grotescas, sem feições definidas...

Monstros....

Esgares de dor lancinante......

Como, um dia dei,

num silêncio sofrido e longo......


Hoje já não...

Usufruo plenamente da sensação....

de aqui estar.....
num azul perfeito...............

6 comentários:

angel bar disse...

Como me vejo tanto aqui! Obrigada Marta, este post vou guardá-lo no azul perfeito do meu mar. Um beijinho

Betty Branco Martins disse...

Minha querida Marta

Não deixes que os pesadelos roubem o "azul" dos teus sonhos...

Beijinhos com muito carinho

Alexandre disse...

Azul perfeito, texto perfeito, palavras perfeitas, emoções perfeitas, sensações perfeitas... fico fascinado!!!!

Pierrot disse...

Marta, vá lá, acorda.
É apenas um pesadelo tá.
Está tudo bem, tem lá calma.

:-)

Bjos daqui.
Eugénio

C_BRITTO disse...

Olá!

De fato Marta apenas pesadelo que nunca vão se realizar.
Sabe Marta, esse é mais uns dos mistério da vida.
Entre o céu e a terra,existem muitas coisas, que fogem a nossa pecepção.

Bjos fica na paz com todo azul que vc merece!

Teresa David disse...

Esta noite não preguei olho por uma razão bem real, o vento, chuvada e portão estragado a bater violentamente contra a parede. Acabei de madrugada por ir para a janela ver o "monstro" a revoltar-se! Ao ler agora o teu poema senti que continuava na noite de pesadelo que teve, mas que foi uma realidade!
Bjs
TD