segunda-feira, 20 de novembro de 2006

SORRIDENTE

Extenuados de tanta loucura..........

Um cha cha cha com novos passos, o sangue quente, o suor a fazer
tatuagens no corpo e a respiração ofegante........

A chuva e o vento.............

Hoje, escondem-se.......

Frio se sente, mas azul está o céu.........

Ainda se entranha a neblina.....mas as nuvens, sorridentes formam um colar
com o arco-íris..............

Caminho, bem agasalhada, eu própria sorridente....

Contradição com a 2ª feira, que se adivinha cheia de trabalho......

Mas eu feliz estou..........

Porque sei
que meu sono continuas a vigiar
e que me abraças..........

6 comentários:

Alexandre disse...

Não há neblina que possa impedir de ir dançar ao som do arco-irís... que o sorriso seja azul... mesmo que o céu esteja cinzento!!!

Vamos caminhar sorridentes...
Beijokas. Muitas!

Anónimo disse...

O azul te chama para brincar então entregue-se a alegria de viver.

Beijos dentro de seu coração.

Teresa David disse...

Estes teus dois ultimos poemas têm palavras que ao ler se sentem dançar num ritmo esvoaçante que nos leva para o prazer. Muito belos, sinceramente.
Bjs
TD

Peter disse...

Um bom fds, como parece ter sido, foi um "carregar de baterias" para suportar mais uma semana de trabalho.
Eu agora ando numa de posts científicos.

C_BRITTO disse...

Olá Marta!

"Extenuados de tanta loucura,
respiração ofegante"

O dia é belo e o céu está azul como o Mar que reflete sua cor.


São essas coisas que fazem nossa existência valer!

Ler-te não é só um prazer.É um privilégio.

Beijos com lucuras no teu coração!

Pierrot disse...

Já agora, um cha cha cha em plena segunda feira e à chuva.
Giro né...
:-)
Bjos daqui
Eugénio