terça-feira, 5 de setembro de 2006

LIMPAR TEIAS DE ARANHA

O queixo descai graciosamente para o peito, os olhos fecham-se voluntariamente e do corpo escapa-se um suspiro........
Profundo, esvaziando por completo os pulmões e a respiração adquire um ritmo próprio...
"Limpar as teias de aranhas" foi o lema da aula de yoga de ontem, em que deixamos a linguagem do corpo fluir naturalmente, interligando perfeitamente entre si os movimentos.....
Sem passado, presente ou futuro - apenas observar o momento em que o corpo obedece calmamente, relaxa, esquece-se de si, até que o som da nossa própria voz o desperta......
Deixando-nos relutantes em abandonar o momento em que o nosso corpo e mente não têm segredos entre si.....

Numa sintonia, nem sempre fácil de encontrar ou sentir...

4 comentários:

Ana disse...

Acho mesmo que tenho que ir experimentar aulas de yoga! Parece que nos incutem uma paz que estou a precisar!

Beijinhos

Luna disse...

A sintonia de corpo e mente não é facil de encontrar.
beijos

125_azul disse...

E tudoo que precisas neste momento é mesmo limpar as teias de aranha!
Momentos bons para ti! beijinhos

anamoris disse...

Depois da limpeza, vais sentir-te muito melhor. A mim é a natação que me limpa a alma.
Está descansada que não faço dietas loucas, tenho cuidado com o que como, mas não passo fome nem nada que pareça.
Beijinhos