segunda-feira, 11 de setembro de 2006

SEM RASTO

Relutante acordo....
Por ter que te deixar, o teu abraço e o teu beijo....
Por ainda me lembrar como afagaste os meus seios e aceitaste que te acariciasse a nuca......
Como me paralisaste, me hipnotizaste num beijo......
Profundo......totalmente entregue ao prazer que sacudiu os nossos corpos e nos fez suspirar....
De paixão...
Uma paixão que acordamos e fez com que nos uníssemos ainda mais......
À procura de novas sensações num único gemido....

Depois, ficamos abraçados e eu....
..........................eu perdi o rasto do tempo........

8 comentários:

Silêncios disse...

Que interessa o rasto do tempo, se de momentos nos temos a nós...?
Fica um beijo

Pierrot disse...

Como é bom perder o rasto do tempo, por vezes...
Esquecer valores, preconceitos, regras e desatinos.
Bonito texto e inspirador.
Bjos daqui
Eugénio

sónia disse...

...bonito ;)

125_azul disse...

Estás leve e bonita,inspirada...que bom!
Beijinhos

Aluena disse...

Como é bom partir e voltar em busca de novos rumos, novos abraços, novas lições de vida.
Deixo muitos beijinhos.
AMIGA SEMPRE
ALUENA

Aluena disse...

Linda e tentando novos voos.
AMIGA SEMPRE
Aluena

Aluena disse...

Que bom saber de novos voos.
BJS

Aluena disse...

beijos e bom ânimo para novas conquistas.