quarta-feira, 20 de setembro de 2006

SENTIR II

Às vezes, não sei o que pensar........

Sinto a cabeça pesada, como se o meu sono tivesse sido perturbado por papões e demónios......

Os papões e demónios das histórias da minha infância, que faziam com que eu dormisse sempre com a luz acesa...

Agora, até gosto de estar na escuridão.....

A meditar, a reflectir no silêncio e com o som da noite, a desfrutar do prazer da outra vertente da luz...

E ouvindo o som da nossa própria respiração, sentindo o nosso corpo moldar-se com cada inspiração e
expiração.....

3 comentários:

125_azul disse...

...e depois de inspirar profundamente, desencaracolar-me e partir em direcção à luz...
Não acabaria bem assim?
Beijinho

Maresi@ disse...

Migaaaa hoje so encontro post com "sentires..." e momentos de nostalgia" Deve ser pela aproximação do Outono e dos seus tons acastanhados e avermelhados...
Lindo este texto... mas ...mais nao digo...

Deixo beijo suave____Maresi@

Andreia do Flautim disse...

Eu não gosto muito da escuridão, deprime-me...