quarta-feira, 9 de agosto de 2006

PERDER AS ASAS

O livro escorrega-me das mãos e caí ruidosamente no chão...

Nem na hora mágica do dia,

aquela hora que eu considero ser só minha,

o calor abranda...

Deixo o livro ficar ali, quieto, silencioso,

ainda com as páginas a cheirarem a novo e ásperas ao toque,

e estendo-me também no chão....

Fecho os olhos e esvazio a mente, tal como me ensinaram no ioga,

das situações bizarras que me preencheram o dia..........

E, vagueio por onde? O que é que a minha mente busca?

Não, não são as tuas promessas loucas de amor.........

Uma frase, muito simples de Lord Byron:

"A amizade é o amor que perdeu as suas asas"

Mas eu acho que tudo tem asas.......

Não importa se é AMOR ou AMIZADE ou SOLIDARIEDADE...

Porque, doutra maneira, e embora fale ainda da tua ausência,

eu não estaria já a voar ao encontro do que verdadeiramente alimenta a magia da minha vida...

5 comentários:

Sandra disse...

O Amor e a Amizade muitas vezes estão unidos!

Adorei a tua mensagem, é sim muito gira!

Beijinhos

Ana disse...

Parece-me umaa frase um pouco depreciativa da amizade e não concordo com ela. Parece que quer fazer da amizade uma coisa menor em relação ao amor e não me parece que seja.
Ainda bem que já te sentes a querer voar!

Beijinhos

125_azul disse...

Se calhar o amor é que é uma amizade que perdeu as asas... porque a amizade voa mais alto, sem a prisão do ciúme, da erotização, da finitude da chama...
Voar... amar, ter amigos. Tão bom. beijinhos

Su disse...

Se eu estivesse inspirada escrevia exactamente o que a 125azul escreveu para ti... mas são 3 da manha, (n sei como raio isto foi acontecer estou cheia de pica)e crua, fico-me por dizer que uma grande amizade está cheia de amor, e da-te mais asas que a maior das paixoes! È só uma questão de timing!
Vá lá... diz q sim s n fico triste, e já me bastam estas malditas dores nos braços!

:)

Su disse...

Pensanso melhor e fundamente! no assunto, Tb agora até redbull da-te asas! d qqmodo, nunca as perco, nasci com umas que escondo na almofada, sempre q ha situação de emergencia, levanto vou, com ou sem amor, sempre com amizade!
!!Cum caneco, q panca a nossa de querer-mos sempre ter o impossivel, e p q raio haveriamos nós de ter asas? somos mesmos competitivos!
sáo estas metaforas locas!q nos levam a desejar voar as 3 da madrugada... e cruzes acho q ja estou drogada de sono... fui!