quarta-feira, 2 de agosto de 2006

COM A AREIA


Pinto...

A medo................

A tela dos meus sonhos, já sem o teu rosto...

Apenas o reflexo do meu, sem ocultar as olheiras,

sem disfarçar a palidez da pele........

A tristeza lê-se no meu rosto, sente-se na minha voz e o meu corpo perde a energia e a graça.......

Mas, ontem comecei a desenhar por cima do cinza e o preto que tentei

oh, tanto me esforcei,

banir........

uma onda..........

O que nunca se desvanece, o que guarda todos os meus segredos,

o que se ri com as minhas histórias

e me limpa as lágrimas...

Porque o passado, como dizem, deve ficar bem enterrado....

E talvez a areia me ajude...........

8 comentários:

_+*A Elite in Paris*+_ disse...

Mas não te esqueças que tudo o que fica gravado na areia vai-se com o mar!

Ana disse...

Bem, estou a ver que estás mais decidida a reviver, a escrever as novas páginas da tua vida. Já é um começo!

Beijinhos

Sandra disse...

Como gostei de ler as ultimas frase! Assim é que eu gosto...passa um pano sobre o passado!
Vive o presente...vive cada dia como se fosse o último!

Beijinhos

vero disse...

Gostei muito do teu blog!
Beijinhos***

lazuli disse...

noto uma certa tristeza mas também uma força que não deves abandonar.
Somos aprendizes de vida, até ao fim. Se é que há fim, mas isso é outra história.

beijos

125_azul disse...

O passado onde tem que ficar, num cantinho das memórias, para lembrar vagamente, sem dor...
Beijinhos, ânimo que falta pouco!

Pitucha disse...

Olha para as ondas, para o seu vaivém refrescante. Passa os dedos pela areia quente. Deixa que o calor e o sal inundem a tua pele até chegarem à tu alma!
E sorri, sorri sempre. O futuro está aí!
Beijos

Ant disse...

E a imagem vai ficar sempre. Acredita que é possível vir a ser uma boa imagem, apesar de tudo. E isso é bom, completa um ciclo. Siga...
Beijos