quinta-feira, 26 de janeiro de 2006

NOVAS ESCOLHAS

Quando o novo ano começou, eu desejei que o ano 2006 fosse o ano da generosidade.
Para com a nossa estimada pessoa e para com os outros!
Vejo agora que a minha "dose de generosidade" para o mês de Janeiro foi mal recebida por alguém que, ou não a quis, ou não a soube retribuir.
Ou talvez não saiba o que é ser- se "generoso"!
O que é um mistério – continuo sem entender e aceitar (vou repetir isto até ser velhinha)
porque acho essencial sermos generosos neste mundo virado completamente do avesso!
Mas, como realmente amanhã é um outro dia
eu sei disso, só que às vezes esqueço-me e por isso, obrigada por me lembrarem
e não vale a pena chorar pelos cantos, estou a preparar-me para um fim-de-semana em grande.
Que é, para mim, simplesmente apreciar
o livro novo que comprei.
Conheço bem a autora, diverti-me a ler os outros e não há razão aparente para que este não me faça igualmente rir,
dada a forma "leve" como as personagens e as situações são apresentadas.
O título é sugestivo – "Watermelon" – nada tem a ver com a arte de cultivar melancias;
por isso, porque é que ela o escolheu?

1 comentário:

Descamisado disse...

Sabado. Estou curioso, que tal o gosto do "Watermelon"? Fico à espera do coment about. Optimo fds :)