terça-feira, 31 de janeiro de 2006

CONVITE PARA O CHÁ


Janeiro termina hoje, com alguns sobressaltos,
mas nada que não se possa ultrapassar.
Tal como se estivesse a virar a página
do meu livro para começar a ler o capítulo seguinte.
Dito assim, pode parecer frio, insensível, mas quem por aqui passou,
sabe a mágoa que ficou enterrada naquelas páginas.
Ainda choro à noite, principalmente à hora em que
ele me telefonava para conversarmos.
Ainda me custa a conciliar o sono e durmo mal.
Acordo irritada, triste e com a cabeça pesada
.
Mas a vida é isto mesmo – alto e baixos
e amanhã começa Fevereiro.
Altura ideal para começar um novo projecto –
aproveitar a promoção dos ginásios e fazer ioga.
E, claro está, vaguear por aqui,
a cuidar dos meus amigos, deixando, por vezes, um presente.
Desta vez, renovo o convite para um chá à moda antiga
com scones quentinhos, com a manteiga a derreter
e com uma boa dose de compota caseira.

2 comentários:

Peter disse...

Marta, por vezes o Futuro reserva-nos agradáveis e inesperadas surprezas.
Agradeço a sua visita ao n/blog e tenho pena de não poder aceitar "o convite para um chá à moda antiga"

Uma boa 3ªF

Descamisado disse...

Aii agora é que me fizeste crescer àgua na boca. Mas sabes o que gosto mais num chá à moda antiga? O tempo que podemos conversar despreocupadamente, sem pressas e a gozar plenamente a companhia. Obrigado pelo convite. Bjs