terça-feira, 24 de outubro de 2006

RELAX

"Relax in natural peace
this exhausted mind"


E, a minha mente exausta seguiu até ao seu esconderijo a chama......

Trémula, mas ao mesmo tempo senhora de si....

Dança, baloiça, esconde-se, podendo depois eclodir em labaredas...

Elegantes, altas, sem controlo, numa destruição sem par...

Ou ficar confinada ao arder de uma vela aromática..........

Lenta, suavemente.......

Atraindo o nosso olhar, fazendo que ali os nossos olhos se fixem...

E através das nossas narinas, o cheiro penetre, percorra os canais do nosso
corpo...

Enchendo-nos de quentes sensações e relaxando-nos por completo...

8 comentários:

125_azul disse...

Também o meu post de hoje fala de dança, ardor e rodopio e é para ti! Beijinhos e sensações quentinhas.Muitas.

a lice disse...

Doces sensações...

Beijinhos para ti!;-)

amita I disse...

Assim se voa
suave,
delicadamente,
pela Luz que
à nossa frente
se distende e
no yôga nos envolve
os pensamentos.

Um bjinho, um doce sorriso e uma boa semana

Alexandre disse...

E apetece mesmo, mesmo relaxar e ter boas sensações num dia como este, tão cinzentão!
A elegância da escrita na sua melhor expressão! Tou a cheirar o aroma da vela a arder suavemente...
Beijinhos!

chuvamiudinha disse...

Obrigado pelo carinho da tua visita. Percebi que fazes sempre poemas, é lindo o teu blog, muito íntimo e acolhedor.
Muitos beijinhos

sónia disse...

..ao menos alguém com boas ideias para um dia cinzentooooooo...

Pierrot disse...

Um naco de sol, nestes dias tão tristonhos...
Parabéns pela dica.
Bjos daqui
Eugénio

o alquimista disse...

E lá vai uma pena de garça recolhida na margem da lagoa...solta-a ao vento...na volta...


Doce beijo