sábado, 14 de outubro de 2006

A CAMINHAR


Sinto-me desnuda…………..

Cruelmente exposta aos caprichos de um mundo,
que nada mais vê que a sua própria glória……….

Enlaço o meu próprio corpo num abraço faminto de carinho…..

Para o confortar…

Para o acalmar e medo não sinta…….

Das pequenas mentiras, das situações duvidosas…

Sufoco as lágrimas, mas sorrir não consigo…………..

Deixo que o desespero me sufoque e abro a boca para dar um grito....
Depois??

“Tapo-me”
e a caminhar recomeço …………………………

10 comentários:

TMara disse...

nunca pares de caminhar a não ser / recuperar forças.
E gritar por vezes é necessário.Mesmo.
E não deixar k nos agridam. Obrigar a respeitar mesmo quem não sabe o k isso é.
Bjs.
Bom domingo.Há mtº disso por aí
Luz e paz

Betty Branco Martins disse...

Querida Marta

A cada momento intenso e apaixonado que tu dedicas ao teu objectivo, será um pouco mais que andas no caminho que te aproxima dele.

Não te deixes vencer – luta - LUTA SEMPRE!!!

Um beijo com muito carinho

(já vou responder ao teu mail)

Anónimo disse...

Mas, o q s passa aqui? Pq tanta angustia? Posso perguntar?

As vezes mudar a direcção ajuda, ás vezes mudar a decoração ajuda, ás vezes meditar ajuda,
ás vezes ir fazer um curso de dança ou até de culinaria é a maior ajuda!

:)

vá lá... muda qqcoisa! a vida é bela! N é possivel q n o vejas!

beijooooooooo

Anónimo disse...

Deixe isso transbordar, ponha seus sentimentos pra fora, mesmo que você se arrebente como as ondas nas rochas, ficar em silêncio pode não ajudar.

Beijos primorosos.

Silêncios disse...

Passei por "aí"... e sei que dói, mas tb sei que não é o fim...caminha em frente.Dou-te um abraço

125_azul disse...

Desnuda-te mais e sempre. Só não dispas o sonho...
Beijinhos, semana feliz

Escuta o teu mundo... disse...

Pois eu quero continuar no meu mundo real.... para quem me é realmente especial...

Não tenho aparecido,
porque o trabalho é muito.
Ando bem e obrigado mais uma vez pela tua visita que é sempre especial.
Boa semana, ;)

Pitucha disse...

O segredo está em caminhares, sempre, de cabeça erguida e sorriso nos lábios.
Beijos

Pierrot disse...

E a vida é isto mesmo.
Um ondular constante, um vai e volta de sensações e emoções.
Bjos daqui
Eugénio

Ulisses Reis disse...

Vejo os teus momentos de aflição e desencontro, todos os temos , poucos os revelam!!! bjs !!