sábado, 24 de março de 2007

BEIJO VOADOR

Beijo voador..............
Tímido, quando inspiro....recolhe-se...........
Exuberante, reaparece...quando expiro.........

Sorridente, larga-me....

Resta-me, apenas um leve toque na mão....

VoAdOr....

Ao som da tua voz....
Na brisa....
Tocando a madrugada....

Desfaz-se com o vento....
Mas quem to enviou...................
Tu saberás................

7 comentários:

PEDRO disse...

Tenho o hábito de
vasculhar sorrisos todo dia.
aí chega-se aqui no seu.
e comenta-se.

Inspiro, Ouço.
Inspiro o ar puro do campo, enriquecido com o odor a fruta.
Lindo poema!
"Gostei, voltarei mais vezes”.
Abraços!
Pedro.

un dress disse...

falas de beijos que voam...eu de cegonhas que espreitam...

...e voam também...

beijO marta:)

Ant disse...

decididamente é bom enviar e receber carinhos...
Beijos

Alexandre disse...

Adoro beijos voadores... eles podem ir parar onde nós quisermos... mas, os beijos terrenos, hum, esses fazem-me sonhar, sonhar, são mais difíceis de dar que os voadores, o que é uma pena!!!!

Mas, pronto, aqui vai um beijo voador... esta dos beijos voadores está bem lembrada!

Beijinhos em voo baixo.

Moura ao Luar disse...

Beijos, hoje fazia-me falta

Farinho disse...

A magia de um beijo
deixa-nos o desejo
de poder continuar
esse alguem beijar.

Beijocas

Constantinne Correia disse...

O sol já não espreita tímido.
Então deixas-me em casa com um beijo com os seus e mesmos suspiros!
Beijos!
Constantinne.