terça-feira, 28 de junho de 2005

PÁGINAS ESCRITAS

Porque não organizar uma soirée musical numa noite perfeita de Verão?
Uma noite perfeita de Verão é uma noite estrelada, temperatura amena – nem quente demais nem com muito vento – ideal para estar cá fora.
O local ideal?

Um desses solares, agora recuperados para Turismo de Habitação para recriar de certa forma o ambiente romântico que associo à música de Vivaldi.
E tem que ser à beira-rio para que o pano de fundo do concerto seja a água calma do rio a correr para um destino, que só ele conhece e dê mais ênfase ao som do violino.
Porque, como adoro o violino e como estamos no Verão, escolhi “As 4 Estações” para mergulharmos profundamente na música e deixarmos que o nosso “jardim secreto”venha à superfície.
É um concerto leve, repousante, que enche de emoções novas o nosso coração!
É transparente e ajudou-me a perceber que há realmente pessoas a quem não devemos dar uma segunda oportunidade.
Pode parecer radical, cruel mesmo, mas como alguém me disse, não podemos estar sempre à mercê dos outros; é cansativo; é um jogo que nunca mais acaba, porque não há regras.
À Dora, que me ajudou a compreender e a enfrentar essa verdade, obrigada!
Porquê “Páginas escritas”?

Porque a folha estava em branco e eu dei-lhe forma ao descrever o que guardo no meu “jardim secreto”!

1 comentário:

Dora disse...

Marta, este post é lindíssimo e revela a tua enorme vontade de seres feliz e a tua determinação em seres respeitada! Obrigada pela partilha que constituiu o teu mail. Um beijo enorme e a continuação de boa semana :-)