quinta-feira, 23 de junho de 2005

PEDIDOS E FAVORES

Que fazes tu por aqui, “menino mau”?
Descobriste que, apesar de tudo, não podes passar sem mim ou será que os portos, por onde agora andas, deixaram de ser “excitantes”?
“Excitante
” é a tua palavra favorita e eu sei bem que não me achas “excitante” a esse ponto.
E creio que tudo ficou dito naquele bilhete agressivo que me deixaste em cima da mesa e que reli várias vezes para ter a certeza que tinha compreendido bem.
“Não entendo qual a sua dúvida” ?
“A minha dúvida? Nenhuma! Não há uma explicação mais pormenorizada a dar?” -
era tudo o que eu queria saber, mas parece que, como sempre errei!
E andaste por aí, evitando-me, servindo-te dos outros para me dizeres do que precisas!
Mas precisas mesmo de falar comigo, queres mesmo a minha ajuda, não é?
E precisas que eu faça um milagre, porque não gostas de ser pressionado, que te chamem a atenção...
Olha que eu também não! E, ser humilhada publicamente, muito menos!
Não te preocupes; eu resolvo o problema, nem que tenha de abdicar do meu tempo livre....
Lembra-te do que me pediste, lembra-te de que te estou a fazer um grande favor e pensa numa forma de me retribuíres!
Aprecia-me, cultiva a minha companhia, mostra-te amável e acessível!
Não continues a ser um “menino mau”, não amues, porque não temos idade para isso!!

1 comentário:

Dora disse...

Marta, não sei se te compreendi bem, mas tenho algumas questões a colocar-te: gostas assim tanto desse "menino", a ponto de fazeres tanto esforço por ele, sacrificando o teu tempo livre? Achas que ele, "mau" como é, entende bem o teu gesto de dádiva, ou vai pensar que tu estás sempre disponível para dar? Não será melhor apostares em amizades com pessoas mais transparentes, que joguem menos e te mereçam mais? Desculpa se estou a ser metediça, amiga, mas há tantos mal-entendidos nas vidas das pessoas...Um grande beijinho e bom fim de semana :-)