quarta-feira, 29 de junho de 2005

LIÇÕES DE VIDA

Diz a minha Mãe que se não fossem os “se” e os “mas”, a vida não seria tão complicada!!
Infelizmente, ela tem toda a razão, embora eu ache que ela se deixa dominar por “essa sensação” e não tenta ver mais o lado positivo das coisas.
Devemos sempre deixar a porta entreaberta, mas a minha Mãe sempre foi assim e não é agora que vai mudar.

Contudo, não posso concordar quando dizem que “mentimos” quando falamos em “estar completamente felizes”.
Não sabemos qual é a noção de felicidade da outra pessoa e se há qualquer coisa que não corresponda ao que ela concebeu, não é assunto que ela discuta à mesa do Café e com toda a gente.
É um assunto que ela poderá discutir com uma irmã, como a minha irmã faz comigo e vice-versa.
Eu fiz confidências a quem não devia e o resultado foi uma verdadeira catástrofe, com muitos “se” e “mas” à mistura.
Bem diz o ditado “Vemos caras; não vemos corações” !
O que aconteceu, aconteceu, é passado – é uma lição que nunca esquecerei – ganhei fama de “importante”, porque agora estou mais selectiva!

Mas estou mais tranquila e porque não dizê-lo? mais feliz!
E se, quando pedimos desculpa por terem desarrumado a loja à procura dos sapatos ideais para os nossos pobres pés, nos dizem
“Para si, não há problema, porque respeita o nosso trabalho”, então....
Nada mais há a dizer, mas volto a repetir:
Só posso falar por mim!

Sem comentários: