segunda-feira, 15 de outubro de 2007

SIMPLES E DOCE






Hoje… alegria encanta-se…
Define-se nessas paredes nuas…….
Não sei se num poema de amor………….
Ou se noutra coisa qualquer…
Seja o que for….
Que seja simples, leve, doce……
Como uma gota de água……………
Ou o nascer do sol….
Como a esperança….
O ressurgir de ideias,
de vontades, de sonhos…
Das brincadeiras de infância….
Ao ar livre…………..
com as minhas irmãs………….


P.S.: Imagem tirada da Net


7 comentários:

Sol da meia noite disse...

Simplificar a vida...
Ser feliz na simplicidade das coisas...
Recordar com doçura... sem mágoas.

Sente-te em paz...
Beijinhos!

Márcio disse...

A família é a base de tudo... É o tecto e o chão... Senão perderes isso, não te perderás!

ZezinhoMota disse...

Os sentimentos poderão parecer complicados mas para mim são bem simples...

Bjnhs

ZezinhoMota

125_azul disse...

Detalhes, momentos, saudades. Desde que a alegria se encontre...
Beijinhos, boa semana

Maria Clarinda disse...

Simplesmente adorei, li e reli.
Jinhos mil Marta.

Alexandre disse...

Ah, as brincadeiras de infância, tantas recordações... com a minha irmã mais velha, com os amigos vizinhos da minha idade, corríamos em calçadas onde não havia um único carro, contávamos os carros que passavam na estrada, tão poucos eram... quem me dera voltar atrás no tempo!

Muitos beijinhos!!!

Paula Raposo disse...

Eu não tenho irmãs...