sábado, 27 de outubro de 2007

QUANDO







Pensei continuar a falar do tempo…
Escondido na noite……………
...................emudecendo os relógios….
Mudando o sentido das coisas…………
........................Para chamar a atenção ou dela fugir???
Gosto de ouvir o tiquetaque dos relógios…
.....................Não me importo de estar sentada no escuro………….
Ou que tudo à minha vida pareça um deserto………….
...............Quebrarei o silêncio quando necessário….
..........Quando sentir o sorriso da LUA…
..................Quando me sentir envolvida……………
Mesmo que para os outros seja a eternidade………………




P.S.: Imagem tirada da Net

7 comentários:

Sol da meia noite disse...

O sorriso da Lua... sorriso que enfeitiça.
Mas vem o dia, e o feitiço quebra-se...

Beijinhos, Marta!

Alexandre disse...

Relógios e Lua, dois pormenores que hoje neste dia fazem sentido: porque a hora humana vai mudar - humana sim porque a hora não existe, os dias sim, mas as horas são pura invenção.

E a Lua porque está Cheia, à espera de ser fotografada pelos flashes da alma!

Muitos beijinhos!!!

Pekenina disse...

Que a luz da Lua ilumine a tua alma e que te envolva em sentimentos bons onde reina a Felicidade =)
Beijo da,
Pekenina*

Peter disse...

O Tempo...
O Tempo, não existe. Medem-se percursos, distâncias e a isso chamamos "tempo".
O nosso "percurso" neste mundo (haverá outro? Hummm...) é a "passagem do tempo". Não é "passagem" nenhuma, é o evoluir do nosso organismo.

Bom Domingo

♥Angel★ disse...

Olá!
Não há tempo para amar nem ser amado... Importante é saber viver o momento, e não se preocupar com o tempo!
Beijo

Entre linhas... disse...

Sorrisos da Lua envolvidos em magia e sonho...
Bom Domingo amiga
Bjs Zita

Rui Caetano disse...

Falar do tempo é sentir o sorriso da lua lá distante num recanto da memória. Adorei o poema muito bonito.