sábado, 24 de fevereiro de 2007

TEU PERFUME/EU QUERO TEU AMOR

Nas nuvens estamos...
Aconchegados...
Abraçados.........
A gozar o azul onde agora eu me entrego
Por completo.........
Em silêncio, revelando-me lentamente......
Como se de uma dança do ventre
se tratasse
Danço....
Para cima de ti, o meu véu atiro.......
Indiferente ficas, com o rosto no escuro.........
Danço no rasto da luz...
Não fujo; procuro-a incessantemente.........
A luz....
Sempre a luz...............

Não vês o quanto quero tua luz?
Não sentes quanto busco te encontrar?
A vida se pesara feito cruz;
Embalde, tantas vezes, quis buscar
Nas nuvens este sonho de te ter
A cada novo dia, uma esperança
Que se renova em laços do prazer
Refletido em teu véu, em tua dança...

Eu quero te abraçar neste aconchego
Do teu colo macio e tão sereno,
Promessa de alegria e de sossego
De todo um grande amor, imenso e pleno...

Perdido, qual falena busca o lume,
Busco, incessantemente, o teu perfume!
CO-AUTOR MARCOS LOURES

7 comentários:

Alex disse...

Mais uma grande parceria com um grande poema a duas mãos. Parabéns!!!

Sigamos sempre a luz no caminho do teu perfume...

Teresa David disse...

Muito interessante esta mescla de duas variações sobre o mesmo tema, onde se encontram afinidades no sentir.
Já tenho nova história na minha casa virtual. Quando quiseres a porta estará sempre aberta para ti.
Bjs
TD

Entre linhas... disse...

As nuvens entrelaçadas no azul do céu traduz-se numa dança imcomparável,própria para os romãnticos...:))


Amiguinha antes de mais parabéns á mamy,que Deus lhe dê muitos anos devida,com muita saúde e alegria,dá-lhe todo o carinho ,porque quem tem uma mãe tem tudo,a minha já partiu faz um ano...

Quando ao pasear pelo meu blog estás á vontade asim como comentares, o meu espaço foi feito com esse propósito amiga,sempre que queiras ...força.

Beijinhos Zita

Borboleta disse...

OI martinha...muito bem..bela conjugação de palavras ..de sentires...fico à espera de mais...jinhos e uma boa semana

Thunder disse...

Acho que muitos de nós procuramos essa luz, esse perfume, mas não a encontramos ...mas continuamos à procura, com esperança, continuamos a desejar encontrar!

MARIA VALADAS disse...

Perfeitamente maravilhada com este belo poema a duas " mentes"...

Tal como tocar num piano em parceria com alguém...

Estou fascinada!

Beijos aos dois..

Maria

MARIA VALADAS disse...

Perfeitamente maravilhada com este belo poema a duas " mentes"...

Tal como tocar num piano em parceria com alguém...

Estou fascinada!

Beijos aos dois..

Maria