domingo, 4 de fevereiro de 2007

NIGHT AND DAY


Encontras-me de noite,

Nesta noite fria e escura de Fevereiro……

escondes-me no teu abraço………….

Perdoo-te a ausência….

Distraís-me, desejas-me….

Falas-me baixinho,

Promessas, segredos, só nossos…

Como é a noite….

Porque o dia afasta-nos………….

Barulho, confusão, interferência....
o espaço e o tempo sucumbem…….
À pequenez, ao cansaço…

Esquecidos quando à noite me reencontras………

E usufruímos, por fim, do silêncio …

Nota: A música escolhida ´”Night and Day” – versão de Frank Sinatra

6 comentários:

Borboleta disse...

:) :) belas palavras como sempre...O silêncio carrega todas as palavras...jinhos ;)

Maresi@ disse...

Ola lindaaaa

Gostei especialmente dessa frase "
E usufruímos, por fim, do silêncio …"...

Beijo suave____Maresi@

MARIA VALADAS disse...

O que posso mais dizer...lindo, lindo!!!

Fico impávida e serena....a ler as tuas belas palavras!

Boa semana.

Beijinhos da cor do céu...
Maria

Plio disse...

Digo-te baixinho...quase em silêncio...que é bom usufruir das tuas palavras.
Boa semana
Beijo

Alexandre disse...

A noite é a verdade! É à noite que as coisas importantes acontecem, é à noite que as pessoas se revelam, se apaixonam, fazem promessas, dizem segredos, falam baixinho...

É à noite que a vida ganha sentido... porque o dia é demasiado barulhento para as pessoas se concentrarem e conseguirem dizer aquilo que lhes vai na alma!!!!

Beijinhos!!!

Pierrot disse...

E uma vez mais, o silêncio
Boa escolha
Bjos daqui
Eugénio