sexta-feira, 16 de fevereiro de 2007

BAIXINHO

Baixinho.......

Protesta o meu corpo quando,

numa ponte o tento transformar...........

Talvez prefira ser uma pequena onda...

Que, das outras se separa e na praia morre,

por não saber que regressar ao mar deve......

Ou um caranguejo, que saltita na areia quente,

à procura de uma pequena poça nos rochedos........

Ou ficar apenas na posição de Buda,

a passear-se pelo mundo irreal...

pelas memórias...

pelos desejos...

pela vontade....

Súbita e louca de te acariciar...

a nuca...................

10 comentários:

Guilherme F. disse...

Regresso para te ler. Demoro a viagem para degustar melhor as palavras.
Bj
Gui
coisasdagaveta.blogs.sapo.pt

Bruxinhachellot disse...

Desculpe não ter escrito a carta que me pediste. Peguei um resfriado forte que está afetando minha mente e assim minhas idéias estão embaralhadas.

Beijos de folia.

Ant disse...

A ponte... hehehehehe... as coisas que me fazes lembrar :))

Que escrita bonita. Ainda bem que pude dar um salto até cá.

Beijos

Alexandre disse...

«Talvez prefira ser uma pequena onda...
Que, das outras se separa e na praia morre,»

«Ou ficar apenas na posição de Buda, a passear-se pelo mundo irreal...»

Divino!!!!! Um dos teus mais bonitos poemas dos últimos tempos...

LINDO!!!!!!!!

Teresa David disse...

É sem dúvida um belo poema, e este transpira uma paz inusitada por ser pouco habitual na tua poesia, o que me agrada deveras.
Bjs
TD

Rui Luís Lima disse...

olá!

Se gostas de cinema vem visitar-nos em

www.paixoesedesejos.blogspot.com

todos os dias falamos de um filme diferente.

Paula e Rui Lima

Luz Dourada disse...

Gostei imenso de conhecer o teu blog e os teus belos poemas. Obrigada!

Um beijinho,

david santos disse...

Olá!
Boa poesia
Parabéns

angel bar disse...

Lindo... como sempre. Um bom fim de semana.

Eu vou ficar um pouco "na posição de Buda, a passear-me pelo mundo irreal..."

Kalinka disse...

A vida é só uma…breve ou longa, é uma incógnita!
Numa das imagens mostro uma espécie de relógio que significa o «tempo», e ele é muito importante em todas as vidas. Perseguir e alcançar a felicidade é o sonho humano mais desejado, pois todos temos direito a um quinhão de felicidade.
Partilha comigo esta busca, perseguindo também a Felicidade.

Lamento não poder visitar este lindo espaço (blog) durante a semana, mas, a promessa de cá vir ao fim de semana mantenho-a.

Beijokas.

BOM CARNAVAL.

ADOREI LER-TE. PARABÉNS.