quinta-feira, 8 de fevereiro de 2007

BRILHO DISCRETO


Não chores...

Se a chuva o brilho te rouba......

Aprecia – a ...........

Sente – a ................

Ouve o ritmo que ela impõe.........

Antecipa-lhe o humor ............

Vê como o vento a cerca e a enfurece........

Como ela se desespera e o combate..........

Em chuveiros patéticos ou um dilúvio constante..........

Bom andar à chuva, por vezes...

Bom também estar em casa,

Mil e uma coisas exóticas possíveis de fazer.....

No brilho discreto da chuva...........

6 comentários:

Alexandre disse...

No brilho discreto da chuva é possível fazermos o que quisermos: andar à chuva sem nos molharmos, passar por dilúvios constantes sem dar por eles, por ventos ciclónicos e não ser atingido... é bom andar à chuva e sentir o carinho das gotas que se desfazem nas nossas mãos e no nosso corpo... é bom andae à chuva... mesmo que dentro de cas e à lareira!!!!

Borboleta disse...

oi martinha..costumo dizer..que vida nos devolve o que entregamos...por isso gosto de sorrir..mesmo quando o meu coração tem vontade de chorar..jinhos

Mikas disse...

OI bom fim de semana

Teresa David disse...

Por vezes a chuva lava-nos dos maus momentos.
Bjs
TD

Carmem L Vilanova disse...

Houve um tempo em que a chuva me deprimia... um tempo em que chuva, para mim, significava o fim de todas minhas expectativas de realizaçao de qualquer projeto, por mais simples que fosse...
Hoje a chuva para mim é vida, é renascimento, é momento de recolhimento e aprendizado, é lavagem da alma...
Claro, é també, momento de estar junto, aconchegado, dedicando ao outro o tempo que nao nos alcança quando há sol e nos esquecemos do que é verdadeiramente importante em nossas vidas...
Beijos, minha linda! Muitos beijos!

* White Roses Princess* disse...

mt bom andar à xuva..faz reflectir..bonito post..mais um lindo**********



*White Roses Princess`*