quinta-feira, 15 de fevereiro de 2007

SEM DESTINO


Continuas irreverente........

Apanhas-me desprevenida e aqui estás......

A trazer-me o ar da manhã,

a salpicar-me com o perfume do jasmim.......

Folheias o meu livro, como, se realmente interessado estivesses......

Franzes o nariz como se os aromas descritos no livro tivesses libertado

e o ar enriquecido....

Sorris matreiro e pegas-me na mão...

Deixo-me levar.........não importa para onde....

Hoje não temos destino..........

Ou talvez o nosso destino seja embrenhar-nos nas páginas do meu livro...

E confundir-nos com o cheiro do queijo, do tomate, do orégão...

Na paisagem quente e sedutora de Itália............



6 comentários:

Alexandre disse...

Ah, Itália, Itália, o país da sedução, dos aromas do oregão, país dos sorrisos matreiros, dos destinos embrenhados nas páginas dos livros...

Ah, Itália, Itália, dos perfumes de jasmim pela manhã...

125_azul disse...

Saudades de calor, queijo e vinho tinto... Beijo

o alquimista disse...

Que saudades...Itália, estive a participar à dois anos num festival numa cidade medieval, perto de Florença...depois passei 5 dias em Veneza e...

Doce beijo

Peter disse...

Mais um apaixonado pela Itália. Tenho publicado umas fotos e tenho lá bons amigos.
Adoro Firenza.
Marta, já há tempo que não visitava o teu blog. Desculpa lá mas tenho andado ocupado.

Bj

Borboleta disse...

:) por vezes encontramos o nosso destino...quando vamos sem destino..jinhos e um bom dia para ti :)

Ant disse...

Mas... mas... Marta... eu nunca estive em Itália... quem é o malvado?
:)))

Beijos