terça-feira, 5 de dezembro de 2006

RETER

Retenho a respiração...

Sinto o ar a borbulhar, impaciente, desejoso
de se sentir solto no labirinto complicado e escondido entre os pulmões e as narinas.........


Um mundo que o temia e que, gigante,
com brutais gritos de guerra, ele controlava......

Surpreendido, curioso fica agora
quando o corpo o obriga a circular de forma perfeita.........
Por entre o labirinto que ele tanto maltratava.......


O corpo olha mais para dentro de si,
Identifica-se,
Corrige-se.......

Por vezes, o ar ainda se revolta, barafusta alto,
mas o corpo limita-se a concentrar no que o enriquece.......


E, em breve o próprio ar começa a gozar o momento

e volta a sentir-se Rei e Senhor.....

Num corpo mais saudável,

Mais confiante......

Mais atento a si próprio...............

7 comentários:

Betty Branco Martins disse...

Querida Marta

Tem momentos "o corpo"

"O corpo olha mais para dentro de si,
Identifica-se,
Corrige-se".......

Este diálogo pode-se dizer que é perfeito embora audível a tua voz - mas sentida a do "corpo"

Beijinhos com muito carinho

125_azul disse...

Yoga ou ginásio? Tia Marta queria ouve e sente o corpo que se harmoniza...
beijinhos

125_azul disse...

Era "tia Marta querida", sorry

C_BRITTO disse...

Olá Marta!

E muito bom ler alguém, que consegue botar tudo que sente pra fora.Que escreve coisas lindas...sempre com sentimento em todas...doi ler alguém que vai ao mais fundo das nossas entranhas.
Doi, não ter coragem pra seguir.

Alexandre disse...

E o ar do meio da noite é o mais saudável! O mais confiante. Precsio respirar o ar das quatro da manha para poder me concentrar... o ar sabe os nosso s segredos e brinca com eles...

Beijokas nocturnas...

Escuta o teu mundo... disse...

Saude é o que mais importa no meio disto tudo.
Gostei do texto :)
Bj

Pierrot disse...

E esse grito, esse encher os pulmões de ar, esse revirar de olhos, é só o mais importante.
Em frente cara amiga
Bjos daqui
Eugénio