segunda-feira, 11 de abril de 2005

DE A A Z

Parece ser a pergunta favorita das revistas – descrever qualquer coisa de A a Z, ou enumerar a lista de preferência da pessoa desde o livro à cor favorita.
Foi exactamente ao ler uma coisa nesse formato, sobre o Porto que me lembrei de fazer a minha lista de A a Z sobre o que associo sempre que penso nesta cidade.

Começando pelo A e não sei se vou conseguir preencher todas as letras:

A – de Aliados, o palco de todas as festas, do banho caloroso das multidões.
B – de Bolsa, o palácio da Bolsa e o seu salão Árabe
C – de Clérigos, a rua, a Igreja e a Torre
D – de discreta, tudo o que valoriza a cidade é organizado duma forma eficiente e sem grandes alaridos
E – de estátuas, a mais famosa sem dúvida a Menina Nua da Praça
F – de futebol, os Dragões, o azul e o branco a esvoaçar
G – de garra, de luta pelo que se acredita
H – de heróis, tantos, muitos dos quais nem sequer conhecemos o nome
I – de Igrejas, desde o Bonfim à de Nevogilde, todas contam um pouco a história do Porto
J – de Jardins, o dos Sentimentos no Palácio de Cristal e o das Rosas em Serralves
L – de Luz do Sol, que rompe o nevoeiro e dá outra dimensão à cidade
M – de Marginal, um passeio de eléctrico à beira mar e rio
N – de Nevoeiro frio e denso das manhãs de Inverno
P – de Palácios, do Freixo
R – de Rio Douro, com tesouros escondidos bem lá no fundo e de que não fala
S – de Serralves, o Museu, a Casa de Chá, os jardins e a Quinta, onde tudo é possível, mas não perder-se
T – Tempo para percorrer as ruas, os museus, os cafés, os mercados do Bolhão e do Bom Sucesso
V - de Vinho do Porto, do seu Museu, das suas Caves, a sua honra, o nosso cartão de visita

Enfim, uma cidade recheada de história e de pessoas como eu que a amam incondicionalmente!

1 comentário:

Carmem L Vilanova disse...

Com tua ajuda de "A a Z", pude conhecer um pouquinho deste lugar que te enche o coraçao com tanto amor, pois assim se sente!
Beijos doces, querida amiga!
Um lindo final de dia para ti!