quinta-feira, 23 de outubro de 2008

TERNO E CAVALHEIRO














Hoje, o Vento apenas sorri e enrosca-se em mim...




Desconheço-o...





Tão terno, tão zeloso, tão cavalheiro....



Talvez porque esteja como eu


Indeciso sobre o rumo a tomar…



Escolho esta foto, que mostra apenas o umbigo?


Insinua, mas ao mesmo tempo diz tudo?



Ou esta?


Mais crua, mais aberta?



Ou deixo que as duas falem por si….


Falem do que, neste momento, sinto….



Desse sorriso secreto que,


....... nem eu nem o vento queremos perder….


E, por isso, apressadamente retiramo-nos….





Foto do lado esquerdo "Umbigo" Carina Guerra



Foto do lado direito "Depois de mim", Helder Vasconcelos




Ambas de Olhares.Com








(Todos os textos protegidos pelo IGAC)











8 comentários:

Uma Ilha disse...

Eu diria que esse sorriso secreto tem vida.Beijinhos amiga.Uma ilha

Sol da meia noite disse...

Nem sempre sabemos bem que rumo tomar.
Seguir o que sentimos é a melhor orientação.

Beijinho *
:-)

A. Jorge disse...

Deixa que as duas falem por si e que cada um viaje através do que representam.

Um beijo

Jorge

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Você, o vento e um sorriso secreto... Falou tudo, querida, e voltou às suas raízes telúricas.
Também fiz um post bonito! Apareça, hoje sou eu que a convido para jantar em minha casa.
Um beijo,
Renata

Junior disse...

... melhor deixar as imagens despertarem a imaginação ...

decisões muitas vezes geram um estresse terrível, medo de escolher o errado, e coisas desse tipo!

pin gente disse...

sem dúvida uma sedução, marta!
nas tuas palavras e... no umbigo.
sou suspeita porque adoro umbigos afundados.


beijo
luísa

Nuno de Sousa disse...

Mais um pos de encantar e tu sabes como o fazer. Adoro um belo umbigo :-)
Bjs e um bom fds,
Nuno

Alexandre disse...

A simbiose texto/fotos está perfeita!!! Deixemos, então, ser o vento a decidir para que lado soprar...

Muitos beijinhos!!! Bom domingo!!!