terça-feira, 14 de outubro de 2008

PINTAR UM COMETA



Hoje falo sobre tudo
Até consigo apontar…

A Ursa Maior...
Pouco sei sobre as constelações

Mas sei dos desejos que se realizam…
Quando vemos uma estrela cadente….

O que quero mesmo???

As tuas mãos...
…………. Só para mim....
Estender-te as minhas….
E, nelas pintar um cometa………………


(Foto "Nebulosa Roseta", Filipe da Veiga Ventura Alves, Olhares.Com)

(Textos protegidos pelo IGAC)

6 comentários:

Peter disse...

Nada mal: o poema e o "berçário" de estrelas.

Abraço amigo,
Peter

Uma Ilha disse...

As tuas mãos...
…………. Só para mim....
Estender-te as minhas….
E, nelas pintar um cometa………………
E que bela pintura sairá daqui, amor.Beijinhos amiga
uma ilha

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Muito lindo, Marta. Sempre rodeada da natureza, os cometas... para dar um empurrãozinho em nossa vida terrestre. Adorei seu poema. Fui atingida, mas ainda consigo apreciar o belo.
Um beijo, querida,
Renata

Só Eu disse...

Tens aqui as minhas mãos...
Lindo, lindo!
Gostei particularmente dos ultimos 4 versos. Muito intenso.
Beijinhos

Nuno de Sousa disse...

Mais um trabalho magnifico, bela a tua escrita e tuas mão por escreverem coisas lindas. Adorei este momento.
Bjs
Nuno

Alexandre disse...

Essa imagem de pintar um cometa é linda, que fantástico, quem se lembraria de pintar um cometa?... Só alguém com muita sensibilidade...