quarta-feira, 15 de outubro de 2008

AQUI


Não acredites na brisa...
Nem fales com a lua...


Nem me deixes aqui….
Abriga-me….


Lembra-me apenas...
De que sempre te sinto…
E te encontro….


Sente-me....
Sempre…………….
Em ti.......




(Foto "Sensações" de Cecilia Hudec, Olhares.Com)
(Textos protegidos pelo IGAC)

6 comentários:

Só Eu disse...

Olá Marta
É um pedido tão dificil de cumprir. Tu sabes. Eu acredito nas brisas, falo com a lua...
Agora entra a parte boa. Eu sempre te sinto. Tu estás sempre onde eu espero que estejas.
Fica assim. Eu preciso.
Beijos

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Lindo, Marta. Dessa vez, vc não quer saber muito da natureza externa à humanidade.
Estou aqui para agradecer a força dada e lhe ofereço um post de PAZ.
Um abraço,
Renata

Betty Branco Martins disse...

.querida Marta





beleza



subtileza



_________nos sentires




toda a tua





doce______delicadeza_____...







beijO________carinhosO

Sol da meia noite disse...

Sinto beleza nas tuas palavras... também um certo medo... uma súplica...

Beijinho *
:-)

Alexandre disse...

A Lua está Cheia mas por uma razão ou outra não a consigo fotografar em condições... acho que um cometa está se pondo entre ela e a minha objectiva...

Nuno de Sousa disse...

Ficou lindo este teu poema, que maravilha...
Bjs grandes
Nuno