quarta-feira, 1 de outubro de 2008

QUENTE










Quente….
A tua voz….

…………Ao entrelaçar-se sensualmente
Com a minha pele….


Acordando-me os segredos….
…………. Rindo-te nos meus sonhos….


Ao ritmo da noite….
…………. Sabes o que quero….
Sabes o que sinto……….


Desvendas-me….
…………. Conquistas-me……….


Sei o que queres…
…………Sei o que sentes….




(Imagem cedida pela Collyby - Obrigada)
(Textos protegidos pelo IGAC)

6 comentários:

Só Eu disse...

Quente o teu desejo...
Mais um poema sensual sem cair na banalidade. É inteligente.
Gostei muito
"desvendas-me".
Beijinhos

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Este poema é intimista, mas igualmente belo como os outros.
Querida, vim perguntar se posso publicar outro poema seu no meu próximo post. Se concordar, mande para o e-mail michelinebouvier@yahoo.com
Beijos,
Renata

Fernando Rozano disse...

comunhão plena, os sentidos se encontram e vivem. beijo, Marta.

Sol da meia noite disse...

Voz quente que desperta a sintonia dos sentires...

Beijinho *
:-)

Alexandre disse...

A foto está muito elucidativa e combina muito bem com a letra do poema... no fundo o desnudar da alma é também o desnudar do corpo porque só faz sentido desvendar o que se conquista nos segredos...

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Marta:
Devido a problemas de foro íntimo, não sei quando poderei postar, por isso postei hoje. Apareça.
Um abraço,
Renata
wwwrenatacordeiro.blogspot.com
Vá ver seu poema publicado, Marta, espero que goste da imagem, é um clássico.