sábado, 11 de outubro de 2008

SOBRE




Escrevo o quê?
Discurso sobre o quê?
Se sinto frio….

Enquanto os outros ainda se queixam do calor….
Eu tenho tanto frio……….

Estou gelada…
Desesperadamente
……….


E, até da brisa……….
…………. A minha amiga,
.................. a minha aliada….
Eu fujo………….


(Foto de Marciano, Olhares.Com)
(Textos protegidos pelo IGAC)

10 comentários:

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
tempoparaamar disse...

Beijinhos e bom fim de semana, com um pouco de calor por aqui.Salomé

Uma Ilha disse...

Oi amiga voltei para deixar mais um pouco de calor e beijinhos.
Uma ilha

Je Vois la Vie en Vert disse...

Não estejas triste, os teus blogs são lindíssimos ! Eu bem precisava de umas liçõeszinhas.....
Tu dois être une professionnelle, j'adore ta page-livre !
Bisous verts et merci de m'écrire en français !

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Marta:
Logo, logo o seu coraçãozinho se reaquecerá, mulher telúrica. Hoje é Dia das Crianças no Brasil. Se que aí se comemora em outra data, mas assim mesmo eu lhe desejo felicidades neste dia. Vim também dizer-lhe que voltei a fazer resenhas de filmes.
Um beijo, linda, o frio vai passar.
Renata

belakbrilha disse...

Olá Marta!

O teu comentário no blog me deixou em alerta, vim te visitar e pummmmmmmmmm!

O que se passa minha amiga?

Tudo se resolve
basta querer com muita força!

beijinhos

Nota: Usa o mail se quiseres ok?

Nuno de Sousa disse...

Não te gosto de ver fria mas quente espero que seja momentâneo de qualquer maneira o poema é lindo mas deixou-me com arrepios :-)
Bjs e um resto de um bom Domingo,
Nuno

Cöllyßry disse...

Olá Marta...Frio? às vezes sentimos mesmo com uma suave brisa...

Que rápida sintas o quente do aconchego...

Beijito terno

Só Eu disse...

Tanta amargura Marta.
O texto é lindissimo mas triste, triste...
Gostava que as brisas do meu mar chegassem até ti...
Beijinhos

Alexandre disse...

Muitas vezes o frio é interior, apenas interior... pode fazer muito calor lá fora mas termos a alma fria... desesperada...