quarta-feira, 27 de junho de 2007

SEM SABER







De repente fiquei sem saber o que escrever…….





Sobre a nudez da minha alma ou a do teu corpo……….





Sobre palavras audaciosas….ou sobre fantasmas brincalhões..





Porque a nudez é diferente……………….




Arranca-se….





Fragiliza-se….





Torna-se controversa.…





Torna-se expressão de arte – a da corpo….





Mas a da alma….nome não tem….




P.S.: Imagem tirada da Net





8 comentários:

Thunder disse...

A nudez da alma é que realmente é difícil de mostrar! A do corpo é mesmo arte!
Bjs.

C_britto disse...

Marta,

Tuas palavras que em certos

momentos caminham lentamente


para nudez da alma.

Perfeito!
Beijoo...
;)

Peter disse...

A alma, tal como o corpo, não se desnuda levianamente. A pouco e pouco vai-se revelando.

Paula Raposo disse...

Concordo com o Peter. É isso mesmo. Beijos para ti.

Reflexos da Alma disse...

Olá Martinha !

Com calma a nudez da Alma e a do Corpo se revelam .... sem forçar as palavras se soltam ....

Um Beijo Grande para ti e votos de um Bom fim de semana !!!

Alexandre disse...

«A nudez da alma» é das expressões mais bonitas que já ouvi! Porque a nudez do corpo é fácil de mostrar, mas a nudez da alma só está ao alcance das pessoas sublimes... das pessoas com alma verdadeira!

Parabéns pelo poema/pensamento/partilha/
/cumplicidade, dos posts mais bonitos e edificantes que li nos últimos tempos!

Beijinhos!!!

PEDRO disse...

Concordo com os demais.
Doces momentos lindos da tua alma desnuda.
Beijos linda, querida Marta.
Pedro.

Shelyak disse...

...fantasmas brincalhões... nudez da alma...
Realmente, é onde tudo se concentra e tudo o resto gira à sua volta...
Poema lindo, as always...
Beijinho para ti :)