sábado, 29 de setembro de 2007

INTENSAMENTE





















Perco a paciência…
Fico…
…….como que…p
aralizada.....
esmagada......
apanhada...numa teia…
mortífera....
com a impressão
de que não me consigo libertar...


……………Outras, nem dou tempo ao tempo ...
para a sua vontade me impor…………….
Escorrego no medo…
Sofro com o primeiro impacto…………
E com o tempo……………………………
A ressurgir....
volto.........

P.S.: Imagem tirada da Net

6 comentários:

Márcio disse...

Quando a atracção é cega vamos muitas vezes até onde não somos capazes à espera daquilo que, muitas vezes, nunca teremos!
Certezas nunca temos nem nunca as teremos, o importante é arriscar e não ter medo de correr mal, senão nunca sairíamos do mesmo local.

Sol da meia noite disse...

Contrastes, contradições... momentos de vida...

Beijinhos!

Alexandre disse...

O tempo é um bom sabedor, um bom conselheiro, quantos vezes nos sentimos esmagados numa altura e depois com o tempo as coisas vão voltando ao normal... embora por vezes deixem sequelas...

Muitos beijinhos!!!

Jasmim disse...

Olá MArta
Estou de volta, deposi destes dias ausente por motivos profissionais.
Vim só dizer olá e desejar-te um bom fim de semana.

sveronica disse...

É como se tivese visgo...mas é bom voltar!

beijos

C_britto disse...

Marta,

O temos.Ele é tudo que precisamos para arruma a rota das palavras ao redor de nós.

Lindo Marta!!!


(A)braços...:)))