domingo, 23 de setembro de 2007

DESAFIOS E LOUCURAS







Há…
Entre nós….
......verdades malditas…
Um passado remoto, dorido….
E há, em mim esta vontade louca….
De te desafiar….
De sentires na pele o que senti………………
Desconfias de mim….
Olhas-me como se louca eu fosse….
Fui, talvez, um dia……….
.........não hoje……………
Apenas cedi à tentação………….
De querer ser má por um dia…
Mas para quê desperdiçar tempo
….Tempo precioso….
Energia….
.............com quem já não existe mais…………
P.S.: Imagem tirada da Net

9 comentários:

Sol da meia noite disse...

Tens razão, Marta.
Há em nós um passado com tanta coisa boa e outra tanta menos boa...
Mas há um tempo presente que nos dá a oportunidade de corrigir o que está mal...

Beijinhos!

Paula Raposo disse...

Cá estou para tomar um chá contigo e um scone cheio de doce e manteiga. Não vale mesmo a pena perder tempo nem neurónios, continuando o teu poema/desabafo. Muitos beijos.

Ѕγłαя © disse...

Verdades malditas, mentiras mais malditas ainda ...
Como pode uma outra pessoa mexer tanto com nossa cabeça e fazer refletir nas atitudes!

E no fim ela não existe mais ...

C_britto disse...

Marta,

Já vim para chá.....(rs..)

(passado remoto, dorido malditos.)

Desencantos e tantas outras coisas
Posso dizer que tenho a coragem de tê-los.

segue o link que eu havia prometido

http://eu-sempre-serie-infiel.blogspot.com


(a)braços....:)))

Alexandre disse...

Sim, o passado só nos consome e desgasta. Por vezes é preciso coragem para colocarmos de parte o passado e vivermos intensamente o presente e o futuro!

Muitos beijinhos!!!

un dress disse...

ah sim marta!!

respirar muito e ir em frente!!!






:) abraÇo.beijO

125_azul disse...

Podes, sabes? Ser má por um dia, se estiver a doer muito...

Tchivinguiro: onde nasci. disse...

Não se é mau por um dia, nem por milhões, mas pode-se ter atitudes menos agradáveis por um dia ou por muitos mais.
Segue por onde crês que deves ir. Confiante. Perdoar é apaziguar e ensinar a diferença...
Beijinho.

starxandra disse...

O passado..bom ou mau é a prova de que valeu a pena, nem que seja para dele termos tirado lições de vida.
O passo seguinte é recordá-lo com carinho e seguir em frente...

Kiss!