terça-feira, 4 de setembro de 2007

LOUCA












A tua irreverência.....

...................ou a minha loucura…
em momentos loucos de amor…
Os que tenho contigo…
Os que sonho quando não estás…
Os que fantasio…
Os que te deixo adivinhar…
E os que ainda aqui guardo………
Os que me fazem sorrir…
Os inesperados….
Os estouvados….
Porque são contigo...............................

P.S.: Imagem tirada da Net


9 comentários:

starxandra disse...

As loucuras que se fazem quando se está enamorado...e não são, por vezes loucuras estupendas????
Beijinho!
Mais uma vez...excelente poema. Gostei!

Lia disse...

Se é loucura amar... somos loucas com vontade de o ser...

Um beijo doce

A. Jorge disse...

E este também!
É fantástico!
E não digo mais nada para não me repetir!

Abraço

Jorge

C_britto disse...

Marta,

Não sei se a palavra amor
nos afasta ou nos aproxima.

Mas sei que a palavra amor me fascina!

Única maneira de pensável de pensar na loucura.

Beijoss

fernando disse...

Marta, vc escreve tão belo!!!
beijinhos.
Fernando

125_azul disse...

Marta, será isto parte do teu novo projecto? Desejo que corra bem, que se realize, que seja maior que o sonho...
Beijo

Guilherme F. disse...

Passo para te ler, para beber as palavras e lembrar.
bj
Gui
coisasdagaveta.blogs.sapo.pt

.:mÁrCiO:. disse...

Momentos são para serem vividos...
... sem medos de loucuras, sem medo de acordar!

Alexandre disse...

Privilégio de quem estiver do lado de lá do poema... talvez sejam os inesperados... ou os estouvados... momentos de loucura... porque sá a fantasia faz sentido...

Muitos beijinhos!!!