segunda-feira, 23 de julho de 2007

LONGA DATA














Deslizo na areia…
Bem fundo...os pés na areia molhada enterro…
Novamente, galanteador, numa carícia de amante….
O mar beija-mos………….



Sorrio……………….
Um dia lindo….sem nuvens….
Uma ligeira brisa..aconchegada no amor simples do mar……………
Um passeio pelos rochedos….




a música a divertir-me…a incentivar-me…
Sentada nos rochedos….o livro no meu colo fica fechado………….
Deliciada…fico a trocar galanteios com o mar…
Num reencontro
De amantes ..
há longa data………






P.S.: Imagem tirada da Net

6 comentários:

Maria Clarinda disse...

Divinal, está lindo o teu post!
Belas as palavras.
Boa semana. Jinhos mil

Rosa Maria disse...

Esse é um amante que não nos trai, nos dá sempre luta...e está lá sempre...

.:mÁrCiO:. disse...

Cuidado com a areia do mar... quantas vezes ela nos trai? E nos prega rasteiras...

No caminhar pelos "rochedos" é preciso ter pés bem assentes... nos "rochedos"!

"Sentado num rochedo / Canto para ti / Como um pássaro livre / Que voa sem fim". Nunca deixes de voar, até onde a tua imaginação te deixar levar...

belakbrilha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
belakbrilha disse...

É o som do mar inebria, enrola,acaricia, galanteia...

perde-se o olhar no infinito!

beijos salgados ;P

Menina do Rio disse...

O mar é um amante perfeito! Está sempre presente a nos acariciar...

Beijos marinhos