quarta-feira, 1 de dezembro de 2004

ROMANCE

Se ser romântica é:
Deixar a mente vaguear por aí e fantasiar coisas fantásticas, impossíveis de realizar
E ter consciência de que assim é

Então eu quero:
ser sempre romântica, ter um pé neste mundo e no outro para que, na fusão dos dois, encontrar paz na alma, na verdade das coisas, no riso quando estou descontraída
Hoje acordei assim, a conceber um mundo de ilusão, para além das nuvens escuras, da chuva fria que desceu sobre a cidade
Hoje quis ser a gaivota que teima em planar, à procura dum lugar mais seguro e mais seco para ficar, porque o mar deve estar em revolta, a atormentar-se, a crucificar o paredão
Hoje estou no mundo dos sonhos, porque é o que o meu espírito deseja para descansar
De quê?
De tudo e de todos, mas nunca das palavras que fecham a minha mensagem e a fazem chegar àqueles que, duma forma ou outra, estão sempre comigo
E, se alguém rir, que ria – o sentido das coisas está para além do que está presente!

2 comentários:

Maria Branco disse...

Querida Marta, fico feliz por te encontrar assim, com palavras de esperança, de força! Permite-te sonhar, mas não fiques por isso mesmo, sonha muito, luta por cada um, torna-os uma realidade! Luta por ti, merece o melhor, mereces ser feliz! é o que te desejo... Alturas há em que temos de tomar decisões, ontem tomei uma, não é de todo fácil, magoa.. Contudo eu sei, que este passo tão dificil é o primeiro de muitos nesta batalha que travo comigo, sairei vencedora, Marta, isso não dúvido, é apenas mais uma das muitas que irei travar pela vida, mas a cada uma delas sairei mais forte!

A vida, é uma imensidão de cores, não me bastam uma ou duas, ou viver fundida nos cinzas, quero conquistar todas as outras.. E elas esperam-me lá fora.. É para elas que me corro agora! Quando as recuperar, talvez volte... Até lá um beijo imenso!! Por favor, sê feliz!

frog disse...

Marta, esta tua serenidade contagiou-me... obrigado por isso!

Um beijo